[RP FECHADA] So, it's you.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 12th Janeiro 2016, 7:40 pm


O pôr do sol não estava longe de ser visto, mas mesmo assim, as pessoas ainda transitavam por aquela praça. Alguns brincavam e algumas pessoas até mesmo iam saindo, alguns flocos de neve caíram mais cedo, mas no momento não nevava. O vento era frio e estava soprando calmamente, balançando as folhas de algumas árvores.

RP fechada Park Chin Mae e Ângelo Woo


_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Ângelo Woo em 13th Janeiro 2016, 1:59 am

I'VE GOT A  ( BLANK SPACE ) BABY & I'LL WRITE ( YOUR NAME )
A bagunça no apartamento acentuava sua falta de organização; caixotes espalhados pelo chão indicavam a recente mudança para aquele cafofo, barato o suficiente para que não precisasse se preocupar com mais despesas. Após recolher todos os papeis referentes ao último projeto do ensaio fotográfico no qual foi o responsável por uma banda que nem sequer se deu ao luxo de saber o nome, Ângelo arrumou tudo em uma pasta amarelada e a deixou sobre a mesa, rumando para um banho rápido e relaxante.

Os dias tinham se passado em uma velocidade absurda, e aflito, buscava por melhores opções de emprego, porém, em vão. O cachê de um fotógrafo do seu escalão não era tão atrativo como havia imaginado, e a menos que encontrasse uma boa solução para os seus problemas financeiros - dívidas, empréstimos bancários, contas pendentes, etc, etc - estaria bastante ferrado.

— Só mesmo um milagre para me tirar dessa vidinha miserável... — Resmungou, afundando-se na banheira que já se encontrava parcialmente cheia. Por sorte, teria um tempinho livre antes de voltar ao trabalho. Sendo assim, semicerrou os olhos, dispersando seus pensamentos caóticos e buscando relaxar. O atrativo aroma floral emanado dos incensos recém-acesos que circundavam a banheira o ajudaram a cair no sono. Um sono profundo e gostoso que perdurou por horas.

— X —


Passeava pelas calçadas da avenida principal com a inseparável mochila transversal acoplada ao ombro, resguardando uma prévia do resultado do ensaio fotográfico realizado Chinmae, membro do grupo Improve - descobriu o nome da banda somente mais tarde após encontrar na papelada do contrato que havia sido assinado pelo próprio artista. Devia admitir a si mesmo que as fotos realmente haviam ficado boas, porém, claro, tudo graças ao seu talento. Modéstia parte.

Não demorou muito para que enfim chegasse ao local listado como ponto de encontro, onde receberia uma parte da grana caso o moleque gostasse do seu trabalho e, para isso, estaria disposto a usar quaisquer artifícios ao seu alcance para que ele adorasse. Riu baixinho, esfregando as mãos uma contra a outra defronte o rosto, procurando se aquecer. Apesar de um pouco frio, a temperatura se fazia agradável. Poucas pessoas se encontravam na localidade, ocupadas com seus pensamentos e afazeres.

Devidamente trajado para a ocasião - embora não tão formal, optando por uma calça cáqui marrom clara, uma blusa listrada de mangas compridas anteposta a uma jaqueta de couro e um cachecol confeccionado em cashmere - se acomodou em um banco, esperando pela chegada do seu cliente.

O astro solar já se encontrava no horizonte, irradiando em tons de magenta e dourado, quase desaparecendo por detrás dos montes. Já um pouco tarde, esperava que o tal Chinmae fosse educado o suficiente para lhe oferecer um jantar, visto que seu estômago começava a roncar, faminto. Observou os pequenos flocos de neve que se deslocavam no ar, cruzando os braços, atento aos ponteiros do relógio, quase impaciente.
(#1) ÂNGELO WOO | ALONE | OUTFIT
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE

_________________

â n g e l o
w        o       o
Fotógrafos
avatar
Mensagens :
7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 13th Janeiro 2016, 4:30 pm

Adrenaline a
You gave me that adrenaline, you make me feel I’m gonna win

 
 
Chinmae, àquele dia, havia acordado cedo, pois tinha reuniões na Spotlight e ainda mais algumas coisas sobre o trio para resolver, como encontrar-se com o fotógrafo. Logo cedo, saiu em direção a empresa, aborrecido por estar nevando e ter que sair de casa. Notou também que os companheiros ainda dormiam, todos eles estavam exaustos. Antes de sair, deixou um bilhete na porta da geladeira, dizendo que iria se encontrar com o fotógrafo também e que eles poderiam deixar em suas mãos.
 
Como habitual, vestiu-se socialmente de preto e logo um casaco que ia até seus joelhos também preto, cobrisse-lhe o corpo, ele estava quente e muito bem. Usava luvas na mesma cor e um cachecol em um tom de vinho que deixavam o jovem de cabelos recém tingidos muito bonito e com uma aparência sério, mesmo dado a ser inocente em demasia, o que lhe traria um péssimo azar futuramente, Hyukdae nunca cansava de dizer isso ao garoto. Dirigindo o próprio carro, chegou na empresa.
 
X-X

 
Cansado, irritado e nervoso, saiu do prédio da empresa próximo do pôr do sol e olhando no relógio prata em seu pulso, pôde constatar estar atrasado para o encontro com o fotógrafo. Frustrado, dirigiu pelas ruas de Seul com certa velocidade, mal se importando com a neve no asfalto ou o tráfego quase intransponível devido ao horário de pico. Não sabia o motivo da pressa, mas suspeitava que seria para rever o fotógrafo bonito, sinceramente? Ele adorou fazer as poses para ele e também flertar com o mesmo, mesmo sem saber realmente como ele encararia aquilo.
 
Próximo da praça, podia observar o sol se pondo, com aquelas cores maravilhosas a colorir o céu e imaginando-se num lugar distante com aquela visão, parou alguns minutos sentados, permanecendo em uma inércia que só não durou mais, porque recebeu uma mensagem de Hyukdae, perguntando quando ele voltaria para casa. Respondeu que não sabia, mas que comeria pela rua antes de ir e que tinha acabado de sair da empresa. Suspirou e saiu do carro.
 
Felizmente, encontrou uma barra de cereal no bolso do casaco e sorrindo, caminhou pelo parque até encontrar o fotógrafo sentado, não muito longe de onde estacionara. Ainda comendo, aproximou-se do jovem, ainda em contemplação pela sua beleza. Estava tão distraído, que nem notara o crachá ainda para fora do casaco, com seu nome e a posição na empresa em letras garrafais.
 
Annyeong-haseyo! – Cumprimentou, curvando-se educadamente para o jovem. – Perdão, tive alguns contra tempo hoje o dia todo e uma situação difícil para lidar, desculpe-me a demora, se tiver algo que possa fazer, para recompensar o seu tempo, por favor, me diga. – Suspirou, algumas luzes já estavam sendo acesas e logo o céu escureceria e o frio, com certeza, aumentaria ainda mais.
Don’t
Isn’t even raining, but outside the window,  you turn into white and get away. Please don’t go, please don’t go. Come back, come back, I’ll hold on to your remaining scent. Come back to your place.



_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Ângelo Woo em 15th Janeiro 2016, 12:55 am

I'VE GOT A  ( BLANK SPACE ) BABY & I'LL WRITE ( YOUR NAME )
Prestes a jogar tudo para o alto e ir embora dali, não suportando mais a baixa temperatura que se fazia na localidade, ergueu o queixo a tempo de volver a figura de um jovem que se apresentava cordialmente, desculpando-se pelo atraso. Levantou-se rápido, retribuindo a saudação de forma mecânica; curvando-se um pouco desajeitado devido os músculos rígidos por conta do frio. Tentou forçar o melhor sorriso que conseguia no momento, mascarando o mau humor.

— Annyeong! — Murmurou em um tom rouco, agradável, umedecendo os lábios para prosseguir com o falatório. — Não se preocupe, imprevistos acontecem e, aproveitando o momento, também gostaria que aceitasse minhas sinceras desculpas pela demora em entregar o seu book. Não foi tão difícil retocar as suas fotos, já que por ser naturalmente lindo não precisei de muito para acentuar a tua beleza. — Elogiou o mais novo, amaciando-o como sempre fazia com os seus clientes, buscando domá-los e deixá-los mais suscetíveis a fecharem os negócios. Ângelo não prestava.

Só que Ângelo também não mentia. E, no caso do garoto que agora lhe fazia companhia, suas palavras poderiam ser tomadas como uma afirmação.

Observou o quanto a pele do jovem coreano era alva, quase pálida, contrastando com os cabelos meio opacos e extremamente lisos, aparentemente recém-tingidos; suas feições angelicais denotavam um estado de espírito meigo, tímido, o que o fez sorrir de canto. Aos poucos, procurou por mais de seus traços, perdendo-se entre o olhar infantil e os convidativos lábios avermelhados.

Por mais que o garoto não fizesse o seu tipo, ele realmente era bonito. Lindo.

— Aqui, pegue-as! — Piscou freneticamente, despertando de seus devaneios, deixando que uma das mãos escorregasse para dentro da mochila e pescasse do interior o envelope amarelado que continha dezenas de fotografias destinadas a Park Chin Mae, as entregando ao rapaz.

— Caso queira discutir, comentar, criticar, ou qualquer outra coisa, ficarei feliz em saber a sua opinião. Mas sugiro que o façamos em outro lugar. Está muito frio aqui fora, e acho que irei congelar se continuar aqui por mais algum tempo. — Brincou, ainda dissimulando um carisma exagerado. Abraçou o próprio corpo, buscando se aquecer.

Em meio as observações e notas mentais que tomava do seu mais novo cliente, aparou o olhar sobre as vestimentas que ele usava, considerando-as requintadas demais para alguém com a idade que aparentava ter; talvez um ou dois anos mais novo, não sabia ao certo. Porém, não foram as vestes que chamaram a atenção, e sim o crachá com o logo da empresa onde ele deveria trabalhar.

Ângelo não conseguiu deixar de esticar um pouco o pescoço, tentando dar uma boa espiada nas informações contidas no acessório, sentindo o queixo cair ao identificar a posição do rapaz na hierarquia da tal empresa. Caralho! exclamou em pensamento, surpreso.

Aquela parecia ser a sua chance, uma oportunidade única.

Afinal, o que mais poderia ser melhor que um garoto bonito, ingênuo e dono de uma boa quantia bancária dando sopa?
(#2) ÂNGELO WOO, PARK CHIN MAE | OUTFIT
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE

_________________

â n g e l o
w        o       o
Fotógrafos
avatar
Mensagens :
7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 15th Janeiro 2016, 9:02 pm

Adrenaline a
You gave me that adrenaline, you make me feel I’m gonna win



O jovem de cabelos descoloridos estava tão cansado metal e fisicamente que após a apresentação do rapaz, sentou-se. Pôde admirar o sorriso dele por alguns segundos, antes de sua voz novamente tomar o ar. O timbre rouco parecia aquecer o menor e ele logo soltou um sorriso de canto. Estava corado, pois sentia o rosto queimar, principalmente após o elogio do outro. – N-não tem problema... – Sussurrou, recriminando-se por gaguejar.

As mãos antes no bolso do casaco, tocaram o material amarelado e ficou um tempo encarando o envelope. Seus pensamentos vagaram para o momento em que os olhos do fotógrafo fixaram-se em sua face e a esquadrinhou. Pôde ficar novamente corado, mas não conseguiu desviar o olhar e temia que o outro tivesse reparado em sua face estupidamente colada. Saiu dos devaneios ao ouvi-lo falar, perdendo-se novamente no timbre rouco do outro. Soltou um riso breve com a risada do “empregado” e concordou.

– Sim... Acho que tenho algumas considerações a fazer. – Sorriu, demonstrando a simpatia que tinha mesmo com as possíveis críticas. Sabia lidar com pessoas, seu cargo exigia isso e podia dizer que até gostava de trabalhar na empresa, mesmo não sendo exatamente sua opção favorita. Suspirou, podendo ver o vapor expelido condensar-se.

Riu, estava frio para caramba. – Eu estou com fome e não consigo raciocinar direito. Nós podemos ir para meu apartamento e já conversamos com HyukJae... – Riu, sozinho. Adorava chamar Hyuk e Jae, juntando o nome dos dois, por facilitar tudo, mas eles não pareciam gostar muito. – Desculpe-me. Enfim, ou podemos ir jantar em algum restaurante por aqui. - Deu de ombros, os dois estavam de bom tamanho. Foi então que notou o crachá ainda pendurado em seu bolso, sorriu tímido. – Oh, achei. Estava procurando igual a um doido, pensei até ter deixado na empresa. Não é fácil ser herdeiro da Spotlight. – Suspirou, pesamente e levantou-se. – Nós ainda estamos igual a loucos procurando fotógrafos de estúdio e está realmente complicado.

As informações deslizavam pelos lábios avermelhados e finos. Notava seu nariz ficando vermelho também, novamente, deu de ombros. – Você vai aceitar meu convite? Meu carro está logo ali, é por minha conta. – Sou modo altruísta, sempre falava mais alto e não importava-se de gastar o dinheiro se fosse alegrar alguém, mas com certeza, ele tinha a consciência de que não era eterno.

Ele havia reparado tanto no fotógrafo na sessão que poderia dizer com certeza as partes que lhe chamavam a atenção no rapaz. Os lábios. Em sua mente, passava-se curiosamente como seria beijá-lo um dia. Mas, de qualquer forma, eles enfeitavam muito bem o rostou de Ângelo, que já era bem bonito e ele com certeza sabia disso, mas não ateu-se a esse fato, podia apenas sentir as borboletas em seu estômago. Pobre Chin, o garoto era tão ingenuamente bobo e sabia que poderia cair de amores se continuasse sendo tratado bem.


Don’t
Isn’t even raining, but outside the window,  you turn into white and get away. Please don’t go, please don’t go. Come back, come back, I’ll hold on to your remaining scent. Come back to your place.


_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Ângelo Woo em 16th Janeiro 2016, 1:08 am

I'VE GOT A  ( BLANK SPACE ) BABY & I'LL WRITE ( YOUR NAME )
Ângelo o encarou por mais alguns minutos antes que pudesse retribuir o sorriso charmoso, percebendo o quão facilmente o garoto enrubescia diante de suas palavras. Silencioso, arquitetava em mente mil e uma maneiras de conquistá-lo, visto que com a confiança do mais moço depositada em si seria muito mais fácil investir em um possível golpe.

Fechou os olhos, repreendendo-se. Mesmo que estivesse perpassando por sérios problemas pessoais nada justificaria a tentativa de obter vantagem sobre aquele rapaz que mal conhecia, e que aparentemente transparecia ser uma boa pessoa. "Você não está tão fodido assim, Ângelo", adentrou em conflito consigo mesmo, suspirando profundamente quando enfim conseguiu chegar a uma conclusão. "Não. Estou desesperado!"

— Restaurante pra mim está ótimo, também estou faminto. Seus amigos não irão se importar, não é? — Respondeu à proposta com animação, fingindo uma falsa preocupação com relação aos colegas de China. O restaurante seria um bom lugar para que ficassem a sós, e assim, conseguisse abstrair mais informações sobre o rapaz; seus gostos, sonhos, desejos. Facilitaria bastante o seu plano.

Ouvindo atentamente as divagações do mais novo, mordiscou o lábio inferior com certa excitação quando enfim as dúvidas foram dispersadas. O garoto com quem interagia era realmente rico - se não, milionário -, herdeiro da empresa na qual ansiava trabalhar há anos, embora nunca tivesse conseguido uma chance de se candidatar a uma vaga.

Diante da nova oportunidade, notavelmente assumiu um comportamento mais agradável. Pensava no quanto estaria feito na vida se conseguisse ao menos a amizade de Park Chin Mae.

Concordou com um leve aceno de cabeça, aproximando-se sutilmente e estendendo-lhe a mão, o ajudando a se levantar, adotando uma personalidade repleta de cavalheirismo - embora não tão forçado. Era comum a Ângelo tratar a todos com certa gentileza, principalmente aqueles com quem fechava seus negócios.

— Aliás, quem sabe também não seria um bom momento para que nos conhecêssemos melhor? Gosto de manter certa intimidade com meus clientes. Ajuda a deixar as coisas mais confortáveis. — Sacana, desfaleceu o olho esquerdo em uma piscadela, ainda mantendo o sorriso de canto estampado na face, acentuado ainda mais o seu ar garanhão.

Se encontrava disposto a deixar o jovem Park encantado, mimado, cortejado. Com isso, intuiu puxar assunto, ainda optando por um tema que lhe atraia. — E, durante o caminho, poderia me falar um pouco mais sobre a procura por profissionais na área de fotografia? Talvez eu esteja um pouquinho interessado. — Expulsou uma gargalhada abafada por entre as narinas, acompanhando o garoto até o veículo.
(#3) ÂNGELO WOO, PARK CHIN MAE | OUTFIT
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE

_________________

â n g e l o
w        o       o
Fotógrafos
avatar
Mensagens :
7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 18th Janeiro 2016, 4:04 pm

Adrenaline a
You gave me that adrenaline, you make me feel I’m gonna win



Ouvir o maior concordando consigo fez Chinmae sorrir e arrumar novamente o envelope em suas mãos, estava realmente muito parado. Passou a observar o parque ao redor, podendo notar que havia pouquíssimas pessoas ali e grande parte das luzes estavam acessas assim como os faróis dos carros que passavam pela rua próxima.

Seus olhos focavam em todos os pontos da praça e no fotógrafo, alternando-se entre eles e podendo ver a beleza em ambos. Soltou um suspiro, ouvindo-o falar sobre seus amigos. Pegou o celular no bolso e logo discou o número de Hyukdae e avisou-o que jantaria com o fotógrafo e levaria as fotos para casa, para aprovação geral. Riu de algumas palavras ditas pelo mais velho e logo sorriu, encerrando a chamada. – Pronto, já avisei o Hyuk-ah. Temos algum tempo, ainda.

Mesmo com toda a sua vida passada, Chinmae ainda mantinha certa doçura em seus atos e uma inocência que beirava a estupidez. Às vezes, chegava até a pensar que tinha dupla personalidade, tão bobo, mas também tão vingativo às vezes. Riu amargamente ao lembrar do pai que nunca teve e da mãe, que nunca pôde conhecer, mas, ainda assim, tinha algo de bom naquilo tudo: o dinheiro e a empresa deixados pelo mais velho.

Após a ajuda do maior, corou com suas palavras seguintes e com o ar de flerte que vinha do outro, talvez estivesse precipitado, mas suas falas pareciam sugerir algo, certo? – Tu-tudo bem... – Amaldiçoou-se novamente por gaguejar, odiava parecer uma virgenzinha do colegial. – É uma boa ideia. E você está certo, conforto numa relação contratante-contratado é muito bom. Sei bem como é isso. – Sorriu para o outro, passando a andar a passos lentos para o automóvel, junto com o fotógrafo.

As palavras que vieram a seguir fizeram uma luz acender-se na cabeça do jovem coreano. Era óbvio que ele tinha ali uma ótima oportunidade para resolver um ou dois problemas da empresa e pelas fotos que fizeram para sua estreia, sabia do potencial que Ângelo poderia ter, aquilo seria muito bom para o rendimento da empresa.

– É claro! – Exclamou, surpreendendo-se ao quase pular em cima do outro, chegando até mesmo a se aproximar. Recuou, corado e com o lábio inferior preso entre os dentes. – É excelente isso. Você poderia realmente nos ajudar lá. Mas, eu não posso te contratar por mim mesmo, ainda tem algumas burocracias, é claro, mas podemos resolver isso, certo? – Sorriu, próximo ao carro.

Destravou o veículo e adentrou-o, enquanto Ângelo fazia o mesmo. Pouco depois, deu a partida, em direção ao restaurante. – Conte-me... – Deu uma pausa, pensando se não era equivocado demais perguntar sobre suas escolhas, mas balançou a cabeça, ele queria que ambos se conhecessem, não é? – Como começou a interessar-se por fotografia? – Sorriu de canto, olhando-o brevemente.

Don’t
Isn’t even raining, but outside the window,  you turn into white and get away. Please don’t go, please don’t go. Come back, come back, I’ll hold on to your remaining scent. Come back to your place.


_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Ângelo Woo em 24th Janeiro 2016, 12:51 am

I'VE GOT A  ( BLANK SPACE ) BABY & I'LL WRITE ( YOUR NAME )
Sorria vez ou outra, discretamente, acabando por achar engraçado o comportamento abobalhado do rapaz que conseguia ser doce e ao mesmo tempo tímido. Mantendo os braços cruzados defronte o peitoral, seguiu o encalço de Chinmae, rumando até o lustroso carro esportivo estacionado em inércia frente à fachada da praça. Estancou, admirando a bela visão que obtinha da lataria.
 
Uau! É seu? — Questionou, apontando o veículo com o queixo. — Belo carro, cara. — E realmente era um automóvel bastante bonito. Ângelo possuía um fraco por máquinas caras e potentes, e a julgar pela aparência seminova da que se encontrava a sua frente, concluiu que a mixaria que ganhava com o trampo jamais seria o suficiente para comprar um carro de luxo como aquele. Se ao menos arranjasse um emprego melhor...
 
Sei como é, entendo bem desses assuntos, a parte burocrática é sempre a mais chata. — Voltou ao assunto que volvia o suposto emprego disponível na spotlight, acomodando-se no banco do passageiro. — Porém, acredito que com um devido empurrãozinho tudo se resolveria com mais facilidade, não é? — Comentou, forçando um exagerado tom despreocupado. Com um garoto ingênuo como Chinmae, seria fácil realizar todas as suas ambições.
 
Atou o cinto de segurança ao redor da cintura no momento em que Chin deu a partida, adquirindo velocidade por entre a avenida principal. Durante o trajeto, pensava sobre os seus planos, ainda intuindo eclipsar aquela incômoda parte de seu consciente que o repugnava pelo que desejava fazer com o rapaz. Mordiscou o lábio inferior, afundando-se no estofado encouraçado. Ângelo mal o conhecia, então porque se importaria em magoá-lo quando já o fizera com tantos outros?
 
Voltou-se para encará-lo no momento em que o outro havia questionado sobre o motivo de sua afeição por fotografia. Deixou uma careta engraçada tomar conta de sua face, realçando o semblante charmoso ao arquear uma das sobrancelhas. — Digamos que eu tenha uma péssima memória, e como não sou bom com palavras, meu diário é composto por fotos. É muito importante lembrar, ao menos pra mim. — Organizou bem as palavras antes de empregá-las em uma boa resposta, sendo totalmente verdadeiro pela primeira vez durante aquele encontro.
 
Registrar todos os bons momentos vividos foi a única forma encontrada por Ângelo de se esquivar dos problemas sociais que geralmente o sufocavam. Filho de uma prostituta, advindo de uma classe econômica extremamente baixa e nunca tido contato com o pai, em geral, eram motivos suficientes para ocasionar em uma depressão pessoal.
 
Por outro lado, o jovem americano podia encontrar nas fotografias uma outra realidade, onde somente coisas maravilhosas faziam parte de sua vida. Uma perspectiva melhor do futuro, talvez.

Deu de ombros, inspirando uma boa quantidade de oxigênio, assumindo uma pose relaxada. — E você? — Indagou, volvendo o coreano com seus orbes acastanhados, delineado um sorrisinho sacana. — Por que seguir a carreira de cantor, quando já tem tudo o que poderia querer? — Indagou com curiosidade, atentando-se ao loirinho. De fato, Park o atraia de uma maneira um tanto misteriosa, possivelmente por deter uma personalidade incomum, sonhadora, quase infantil.
 
Enquanto aguardava por uma resposta, observava algumas gotículas de água que se acumulavam no parabrisas do veículo, pressagiando a vinda de uma tempestade. Um trovão cortou os céus, confirmando que não tardaria a chover.
(#4) ÂNGELO WOO, PARK CHIN MAE | OUTFIT
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE

_________________

â n g e l o
w        o       o
Fotógrafos
avatar
Mensagens :
7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 24th Janeiro 2016, 10:32 pm

Adrenaline a
You gave me that adrenaline, you make me feel I’m gonna win


– É sim… – Sorriu timidamente ao questionamento do maior sobre seu carro. – Obrigado. – Chinmae ficava tímido com coisas desse tipo. Ele era rico, isso é verdade, e gostava dos luxos que podia se dar, não podendo esquecer-se da sua infância pobre nos Estados Unidos, mas se ele pudesse escolher entre crescer com os Park ou crescer com sua família francesa, ele com certeza escolheria novamente seus pais franceses: os melhores pais que alguém poderia ter.

Continuou prestando atenção no carro e no que Ângelo falava. O garoto loiro, às vezes passava os olhos pelo painel do veículo, verificando um sinal amarelo piscar. Franziu o cenho, achou que seria normal ou algo relacionado à gasolina, ignorou. – É, pois é. Eu prefiro não em envolver muito com a empresa. Meu pai escolheu um péssimo momento para morrer, mas é claro que eu estou conseguindo contornar tudo. E se está tentando dizer que eu posso te indicar, está certo, mas preciso provar que você é bom para o cargo. – Sorriu calmamente. Quando se tratava da empresa da família e de seus amigos, Chinmae esquecia completamente como era ser um garoto doce.

Às vezes, poderia até se pensar que o garoto possuía uma dupla personalidade: um ingênua e completamente tímida e outra assassina e sedenta por vingança. Pobre Park. Mas, mesmo assim, quando se tratava do coração, Chinmae era um completo otário, ele se entregava com facilidade e se apaixonava com a mesma “potência”, mas nunca havia sofrido uma desilusão amorosa, realmente grave. Ou qualquer desilusão, para falar a verdade. Suas paixonites não eram de todo tão grandes ou longas ou duradouras, mas havia algo no sorriso ou no olhar de Angel que o fazia vê-lo como um verdadeiro anjo, ele poderia facilmente cair de amores pelo fotógrafo, inconscientemente, suspirou.

Os chuviscos vieram acompanhados da explicação de Ângelo sobre o porquê de gostar tanto de fotografia e porquê seguir na área, Chin achou aquilo realmente muito bonito, mas nada tão surpreendente. De certo, sabia pouco sobre o fotógrafo e esperava poder conhece-lo mais. Ouviu sua pergunta, com um pouco de medo de se abrir.

Pensou, pensou e pensou, antes de responder. Acionou os limpadores de vidro conforme a chuva ia intensificando e quase podia sentir o veículo perder a força, estranhou, aquilo não era normal. – O dinheiro veio muito fácil para mim, mas eu não cresci acostumado a ele, então, sempre quis ganhar o meu próprio dinheiro, independentemente de já tê-lo ou não. Eu sempre gostei de cantar também, desde criança, então vi nisso um jeito fácil de ganhar a vida. Hyuk e Jae me ajudaram com isso, na verdade foi uma ajuda mútua. Apoio aqui, apoio ali e voilà, criamos a banda. – Sorriu, lembrando-se de seus pais e das dificuldades enfrentadas na infância americana.

O carro, até então funcionando bem, decidiu parar. A rua não estava movimentada e a chuva estava um tanto forte. Amaldiçoou baixinho, por tudo aquilo. Os braços tatearam o banco traseiro e achou a pasta, retirando o celular dali e verificando a rede. Sem sinal. Xingou baixo novamente, olhando para Ângelo. – O carro deu pau e eu estou sem sinal. Nós teremos de esperar voltar ou podemos dar um jeito de mandar um táxi vir te buscar, pode ser? – Suspirou, sem, verdadeiramente, querer ficar sozinho ali, naquelas condições.

Don’t
Isn’t even raining, but outside the window, you turn into white and get away. Please don’t go, please don’t go. Come back, come back, I’ll hold on to your remaining scent. Come back to your place.



_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Ângelo Woo em 31st Janeiro 2016, 4:08 pm

I'VE GOT A  ( BLANK SPACE ) BABY & I'LL WRITE ( YOUR NAME )
Imerso em devaneios Ângelo permaneceu silencioso por boa parte do trajeto, embora vez ou outra observasse Chinmae pelo canto do olho, atento as palavras que escapuliam de seus lábios. O clima outrora calmo e frio transtornou-se inesperadamente - torrentes de água desabavam dos céus, embebedando ruas e calçadas. Entretanto, o moreno sequer demonstrou desconforto. Adorava o cheiro que prosseguia a chuva, o som das gotículas tilintando contra o teto do veículo e a sensação de comodidade que aquele fenômeno o proporcionava. Sentia-se em paz.

— Me desculpe, Chinmae-ssi. — fechou os olhos, ressentido quanto a questão que volvia a possível entrada na empresa pertencente ao loirinho, e que por linha direta, acarretara em uma resposta um tanto incômoda com relação aos familiares deste. — Não sabia sobre o seu pai, sinto muito. — soou sincero, suspirando profundamente, o timbro rouco e pesaroso. No fundo, muito talvez, não fosse um rapaz totalmente abastecido somente por más intenções. Assim como Park, Woo também partilhava um mesmo passado doloroso - nunca chegou a conhecer o patriarca, embora por motivos distintos.

Por conseguinte, tornou a se aquietar, apenas acenando em concordância enquanto ouvia o discurso que explicava o motivo de adentrar em uma banda e seguir a carreira de artista. Era mais que uma vocação, constatou. Uma paixão pelo que fazia, assim como Ângelo tinha pela fotografia e seus ensaios. Riu baixinho, mirando o mais novo por longos minutos, estudando-o minuciosamente. Aquele garotinho à sua frente era muito mais do que um rostinho bonito e uma conta bancária recheada, afirmou em pensamento, perpassando a língua por entre os lábios. Ângelo ainda não tinha certeza sobre o seu interesse nele, que com certeza iria além de simples negócios.

Com um rompante, o transporte estancou, perdendo a velocidade. Franziu o cenho, voltando-se para Chin, aguardando por uma explicação. — Aconteceu alguma coisa? — indagou, despreocupado, erguendo uma sobrancelha enquanto o observava pescar o aparelho celular do bolso e aparentemente tentar realizar uma ligação, porém sem sucesso. Chegou a concluir que a chuva seria a principal autora daquele problema, obtendo sua confirmação com as alegações feitas pelo seu acompanhante.

Talvez não fosse um incidente tão complexo, de fato. E os anos vivendo na periferia de Manhattan renderam a Ângelo um conhecimento bem duvidoso à cerca de máquinas, adquiridas em oficinas como hobby secundário. — Tudo bem, acho que posso tentar resolver. De qualquer forma, não irei deixar que você fique sozinho aqui, esperando essa tempestade passar e só então ligar para um mecânico quando posso ser útil. — gargalhou, estufando o peito, cheio de si. Sem margens para discussões, tratou de se ajeitar para solucionar o problema.

Despiu-se da jaqueta de couro, exibindo os braços fortes e o porte atlético que se destacava pela regata listrada. Deixou de lado também o cachecol, destravando o cinto de segurança e saindo do veiculo, arrepiando-se com o contato da água gélida contra a sua pele. — Fique aqui, não irei demorar! — gritou para o rapaz, batendo a porta e perpassando ligeiramente até defronte o automóvel, dando palmadinhas no capô incitando Chinmae a desengatar a parte dianteira do carro. Ângelo semicerrava os olhos, protegendo-os da quantidade absurda de água provinda da chuva, encharcando-se ligeiramente.

Tentou analisar o motor antes de se precipitar ao mexer nas engrenagens, encolhendo-se um pouco, protegendo-se do frio noturno. Mesmo sob o risco de pegar um resfriado, era cabeça dura demais para desistir. Estaria tentando somente surpreender o jovem Park Chin Mae.
(#5) ÂNGELO WOO, PARK CHIN MAE | OUTFIT
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE

_________________

â n g e l o
w        o       o
Fotógrafos
avatar
Mensagens :
7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 7th Fevereiro 2016, 6:15 pm

Adrenaline a
You gave me that adrenaline, you make me feel I’m gonna win


As circunstâncias pareciam ser sempre contra Chinmae. A fome que sentia, o frio que passava, o carro que parara de funcionar do nada. Estava frustrado e teria que arrumar uma maneira de jantar e de levar o outro junto consigo e depois leva-lo em casa, isso se o carro funcionasse e quando funcionasse.

Não imaginava que Ângelo pudesse ser um cavalheiro daquela forma, a ponto de sair do carro e arriscar pegar um resfriado ou uma gripe por ele. Aquilo fez o coração de Chinmae dar um salto no peito, deixando o loirinho completamente bobo pelas ações do maior. Observou-o despir o cachecol e o casaco, observando bem os braços tonificados e fortes do fotógrafo, suspirou, praticamente babava por ele.

– Não precis... – Não chegou a completar, Ângelo já estava fora do carro, levando toda a água da chuva sobre si. Chinmae imaginou o frio que não estava aquilo tudo e a partir das batidas no capô, destravou-o pelo engate ao lado esquerdo de sua perna e ficou ali, observando-o.

Não soube quanto tempo passou, mas observava o contorno do corpo do maior através de um espaço entre o capô e o para-brisa, o que deixava a vista ainda melhor pelo fato de Ângelo estar completamente molhado. Pegou o celular novamente e constatou feliz que o sinal voltara. Rapidamente, digitou uma mensagem para Hyuk Dae, dizendo que levaria o fotógrafo até lá assim que o carro funcionasse, avisou também que estava tudo bem.

Descansou a cabeça no volante por um tempo, mas preocupava-se com o moreno. Naquele momento, lembrou-se das fotos e as recolheu do banco traseiro. Observou o cuidado de Ângelo com elas, seus ângulos e todo seu trabalho bem feito, então foi aí que se tocou: Ângelo era tudo o que ele precisava. Ou a empresa. Chin suspirou, sua mente vagou muito longe naquele momento. Um caminho perigoso que seguiu o mesmo com Hyuk. Chinmae não podia ultrapassar a linha da atração com Ângelo.

Aaron estava também à espreita. E, às vezes, oscilava o controle com o pobre Chin, mas também, não podia ser revelado ali. Seu lado perverso não poderia vencer daquela forma. Chin só esperava que Ângelo conseguisse descobrir o problema e então, pudessem ir para casa. Disposto a sofrer com o americano, despiu-se do casaco pesado e de todo o aparato contra o frio, mostrando uma camisa de botões também preta.

Com muita coragem, abriu a porta do carro e após respirar fundo, saiu de dentro do veículo, sentindo seus pelos se arrepiarem pelo frio e certa dificuldade para enxergar, pela quantidade de chuva que caía. Ele esperava não ficar doente, pois logo seria o debut do Improve Cubed e seria bem ruim caso algo acontecesse com ele. Não podia decepcionar HyukJae.

Aquele jeito cavalheiro que Ângelo demonstrou ter, despertou algo em Chinmae. Ele gostava de caras daquele tipo, era, como diriam por aí, seu tipo de homem ideal, o cara que Chinmae gostaria que fosse o pai dos seus filhos. O Ângelo superficial era o sonho ideal para o coreano, sempre em que ele pensava em se casar e construir uma família. Suspirou. Correu até o mais alto, ficando o mais perto dele possível, para proteger-se um pouco mais da chuva.

Os cabelos molhados tapavam-lhe o rosto e caíam de modo desleixado por sua testa, atrapalhando um pouco sua visão. – Descobriu o que é? – Perguntou, com a voz um tanto alterada, para que ele ouvisse. – Me desculpe por isso, Ângelo-ssi. – Sussurrou. Em seguida, deu um passo para o lado, tentando ver também se descobria algo de errado, mas não entendia nada de carros. O pé foi em falso, Chin escorregou no asfalto. Fechou os olhos e só esperou a queda que não tardaria em chegar.



Don’t
Isn’t even raining, but outside the window, you turn into white and get away. Please don’t go, please don’t go. Come back, come back, I’ll hold on to your remaining scent. Come back to your place.



_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Ângelo Woo em 28th Fevereiro 2016, 12:47 am

I'VE GOT A  ( BLANK SPACE ) BABY & I'LL WRITE ( YOUR NAME )
Mesmo encharcado por conta da chuva Ângelo se preocupava somente em tentar consertar aquele maldito carro para que pudessem dar o fora dali o mais rápido possível. A temperatura havia caído drasticamente, levando-o a estremecer de frio - ali, exposto daquela maneira, os riscos de se obter uma pneumonia eram infinitamente maiores e ele sabia disso melhor que ninguém.

Ângelo só não compreendia o motivo de se importar tanto com sua imagem perante o jovenzinho que o observava do interior do automóvel de luxo. Não compreendia o motivo de querer agradá-lo, de se exibir de forma que o menor passasse a gostar dele. Nunca precisara fazer algo do tipo antes, mas existia algo em Chinmae que o atraia fervorosamente, que o convencia a continuar com aquela loucura.

— Acho que enguiçou. — Constatou, respondendo ao garoto que deixara o conforto do íntimo do veículo e agora se encontrava ao seu lado, curioso. — Posso dar um jeito, mas vai levar um tempo. Seria melhor se você voltasse para dentro do carro para não acabar pegando uma gripe. — O rapaz praticamente gritava, tentando se fazer ouvir sobre a tempestade. Raios e trovões cortavam os céus com uma velocidade surpreendente, o causando arrepios. Preocupado, torcia para que o Park não acabasse doente por sua culpa.

Tratou de mexer nas engrenagens manualmente, tateando o possante motor com as mãos em busca do mecanismo emperrado, usufruindo de toda a agilidade que portava no momento. Por sorte tinha aprendido alguns truques quando ainda residia em Nova Iorque e vez ou outra precisara levar o motocicleta comprada a custo para o mecânico, um amigo de longa data que morava no subúrbio da cidade. Não seria tão difícil dar um jeito no problema, porém a chuva vinha dificultando bastante o seu trabalho, tentando o máximo não perder a cabeça.

— Não precisa se desculpar, Chin. A culpa não é sua se o carro resolveu morrer numa hora tão inoportuna. — Gargalhou, virando-se para observar o garoto, sondando-o intensamente com seus olhos amendoados. Pensou em como um rapaz como Chin conseguia ser tão atraente e ao mesmo tempo ingênuo. Mordeu o lábio inferior, sentindo o começo de uma ereção se formar em suas calças. Lembrou-se então do propósito que estaria a cumprir ali, e por tal chacoalhou a cabeça, afastando os pensamentos pevertidos.

Como se encontrava bastante atencioso a toda movimentação realizada pelo acompanhante, vislumbrou em tempo o tropeço do mesmo, segurando-o pela cintura e derrapando no asfalto, deslocando o próprio corpo de modo que Chinmae acabasse caindo por cima de si, seguro, confortável. Gemeu ao sentir as costas baterem contra o chão, arfante, ignorando a dor e voltando os olhos para o rapaz somente para que tivesse certeza de que ele estaria bem.

Uma de suas grandes mãos pousou sobre o rosto de China que se encontrava a centímetros do seu, retirando uma mecha do cabelo alaranjado que cobriam os bonitos olhos do garoto. — Você está bem? — Perguntou, mirando os lábios que lhe sussurravam uma resposta, e só então Ângelo perdeu o controle de vez, cortando a distância que separavam suas faces e juntando suas bocas em um beijo caloroso. Pouco importava que estivessem no chão enlameado, entregues a chuva que continuava a desabar, banhando seus corpos.

Afundou os lábios contra os de Chinmae, buscando vasculhar o interior da cavidade úmida do garoto com a língua, apertando-o em seus fortes braços. Seu corpo regia muitíssimo bem ao contato, perdido com o gostoso cheiro do China que ludibriava a sua mente, o deixando atordoado. Queria somente aproveitar a situação e fazer daquele jovenzinho seu, passeando com as mãos pelas costas do menor e apertando cada músculo.
(#6) ÂNGELO WOO, PARK CHIN MAE | OUTFIT
TEMPLATE BY MINNIE OF SHINE

_________________

â n g e l o
w        o       o
Fotógrafos
avatar
Mensagens :
7

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Park Chin Mae em 1st Março 2016, 9:30 pm

Adrenaline a
You gave me that adrenaline, you make me feel I’m gonna win



Enquanto a queda eminente se aproximava, Chinmae lembrou-se de tudo o que o maior falara e em como suas ações o deixaram surpreso e possivelmente mais atraído pelo mais velho. China não evitou conter o sorriso, mesmo com a possível queda.

Não queria, porém, se machucar e isso estava fora de cogitação, afinal, se machucar nos momentos finais da preparação para o debut do trio seria muita mancada. Assim como ele não estava pretendendo ficar doente, ou como nunca pretendia ficar assim. O problema, é que Chinmae odiava raios, trovões ou qualquer descarga elétrica que poderia vir do céu, um medo bobo que vinha da infância.

Ele nunca, nunca afirmaria aquilo a ninguém, mas um pouco de sua queda foi pelo forte som que soara pós o clarão iluminar o céu e é claro, ele fizera um grande esforço para não se agarrar a Ângelo, em busca de proteção. Às circunstâncias de segurança o lembrava para o detalhe de que a segurança se encontrava no interior do veículo, mas o loiro pouco se importava pra esses detalhes.

Mas por um milagre, seu anjo da guarda estava ali e esse mesmo anjo enlaçou sua cintura fina, mantendo-o seguro. As mãos do garoto, inconscientemente, abraçaram os ombros daquele que o salvara e fechou os olhos, sentindo um aperto forte no peito ao ouvir o som abafado que soltou-se dos lábios do mais alto. Ainda relutante, com medo de machucar ainda mais o mais velho, Chin finalmente relaxou, achando no calor agradável do corpo grande e forte o porto seguro que necessitava.

A respiração que outrora estava alterada devido a queda, mesclava-se aos batimentos absurdamente rápidos e descompassados de Chin Mae que com os lábios entreabertos, lutavam para respirar mais rápido e mais vezes, para não acabar morrendo sufocado. Ali estava tão... Bom. O loirinho queria aquilo mais vezes, para sempre se possível. O tempo parou. Não havia mais chuva, não havia mais o carro enguiçado, os relâmpagos e trovões. Nada. Só havia Chinmae e Ângelo ali naquele momento, pelo menos para o coreano mais baixo.

Estava e sentia-se incapaz de se mover. Podia sentir a respiração de Ângelo tocar seu rosto e aquilo de alguma forma o acalmou, acalmou muito. A mão grande e quente tocando seu rosto o fez se arrepiar de um modo tão gostoso que China queria afundar o rosto no peito do Angel e ficar ali para sempre, o máximo possível. Sorriu tímido com a ação do outro, agradecendo mentalmente. A pergunta do outro chegou aos seus ouvidos com extrema facilidade e ele sorriu, sem evitar corar tanto pela proximidade quanto o olhar do outro. – Estou... Obrigado. – Sussurrou, sentindo novamente o ar quente tocando seu rosto.

Os lábios que juntaram-se aos seus causou novamente aquela onda de arrepios e os olhos arregalados do outro demonstravam toda a surpresa, ao ver os de Ângelo fechados. Entregou-se, como nunca havia o feito, não daquele jeito bom. Pressionou seus lábios de volta contra os dele e sentiu-se satisfeito com aquilo, como se fosse a única coisa que precisava na vida, talvez fosse mesmo.

Estava sendo praticamente amassado nos braços grossos e quente, enquanto seu corpo agradecia pelo outro ser tão reconfortante, mas mesmo assim insegurança pairou em sua mente. Ele praticamente havia se aberto para o maior. Já não sabia mais como proceder, até que sentiu que o aperto intensificara e ele não ligou para mais nada, enquanto os dois músculos encontravam-se em meio ao beijo que parecia tão lento e tão bom para o momento e para as várias sensações que tomavam conta do menino.

Êxtase. Afundado no calor daqueles braços, nos lábios fartos e na língua que explorava sua boca, Chinmae perdeu-se em sensações, retribuindo aquilo com a intensidade proposta pelo mais velho, sem realmente querer que aquilo acabasse de alguma forma.

China queria estar nos braços de Ângelo durante mais um bom e longo tempo. Ângelo queria ceder o aconchego para ele? Essa pergunta pairou em sua mente, mas assim como chegou se foi. Ele aproveitou o que acho que seria o último.


Don’t
Isn’t even raining, but outside the window,  you turn into white and get away. Please don’t go, please don’t go. Come back, come back, I’ll hold on to your remaining scent. Come back to your place.


_________________

Bitches!
My body is pang pang pang the boys want my time my lips are yummy wherever I go is dang dang on the stage i'm cha cha cha Get out get out bang bang bang disco pang pang pang Hello bitches!
Independentes
avatar
Mensagens :
23

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] So, it's you.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum