- 8.760.000

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

- 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 29th Junho 2016, 9:10 pm

Relembrando a primeira mensagem :



8.760.000
A cena se passa em uma extensa avenida durante a noite. Cada 3 minutos de passo, existem lacunas abertas como corta caminho (becos) e que não possuem nenhum tipo de iluminação. Pelo horário ser às dez da noite e ainda estar chovendo, o ar frio afastou grande parte dos moradores fazendo com que um simples sopro, crie um eco.

Local : Área periférica.


HAN KYUNG-SOON & GWANG HAN SOL
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 9th Julho 2016, 2:16 pm

- Don't blame me if I lose control
 
Sua cabeça se moveu afirmativa com a frase dela contentando-se com uma suposta futura tentativa o que o aliviava entre muitas questões. Ver algo novo através do próprio, seria mais que… criativo?

Enfim prestes a adentrar no destino, os olhos de hansol divisaram em ver o senhor do espelhado a frente e o forro onde seus tênis tocavam. Estava sentindo vergonha e não queria mostrar a sua primeira fraqueza, apenas apertando a porta de saída. Ouviu ela falar novamente, mas não ergueu o rosto escondendo em plenas sombras um sinal positivo. 

A porteira se abria e o material gemeu ao seu fechar em suas costas. Nunca havia frequentado a casa de outras pessoas. Nem mesmo depois de sair do orfanato, teve coragem de pisar no tapete de bem-vindos novamente. 

Red parecia discar uma senha e Han apenas fechou os olhos encarando a qualidade do chão da fachada. Uma bota corta a sua visão em um sinal para entrar. Talvez não seria errado se desvencilhar de suas sujeiras desamarrando cuidadosamente os cadarços logo posicionando ambos bem ao lado dos da moça. 

O ambiente também era diferente ; Contrário da rua que era fria e o ar que fazia os pulmões comprimirem em um mecanismo de aceitar o ar novo e abandonar o velho que ficavam acumulados dentro do corpo, lá dentro ele só respirava uma vez. Uma única vez deixando o que entrasse, ficasse por lá sem necessidades de abandonar e trocar nada. 

Só foi rir novamente sobre citar o vizinho e um tanto incrédulo ao que estava prestes a ver, enfiou as mãos dentro do bolso das calças. Aproximou-se na companhia dela, do corpo de fotos fitando as evoluções expressivas. Se tivesse uma foto de si mesmo quando pequeno, era muito. As vezes se odiava por não gostar de guardar álbuns. Sempre foi contra a algo que representasse um ato fraternal :

- Estou vendo muitas provas de uns belos pré-debut. - Deu uma risada frouxa olhando com admiração cada faceta. Mudanças sempre ocorrem, mas ele não se importava com aquilo. Se a visse criança, parecia ouvir uma risada aguda :

- Era e está muito bonita. - Desceu para a vista dela evitando que intrusamente captasse mais energias do local. - Filha única? Nenhum irmãozinho? - Perguntava curioso. Poderia ser algo muito simples ao se concluir das fotografias emaranhadas contra o vistoso painel, porém sempre que via algo, queria que fosse multiplicado. Talvez um proteger o outro, ou ela mesma sempre forte do jeito que aparentava ser, ter protegido alguém. - Me lembro que quando pequeno, o lugar onde ficava, tinham crianças bem mais novas que eu. Me sentia quase como um rei. - Comentou sem muito entusiasmo na voz desnivelando as íris negruscas.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 12th Julho 2016, 6:22 pm



Ele parecia gostar das fotos, ri, respondendo a pergunta dele, analisando-o enquanto ele olhava minhas fotos. Ele parecia imerso em pensamentos que não sabia o que poderiam ser.


-Sim, filha única, acho que dei tanto trabalho que meus pais param na primeira criança mesmo... Mas tenho muitos primos.


Escuto o que ele diz e instintivamente o abraço pelas costas, apoiando meu queixo em suas costas, falando, olhando para o teto, enquanto deixava o abraço forte, parte de mim o invejava ter crescido rodeado de crianças que gostassem de mim, algo que não aconteceu.


-Que inveja, por causa do meu problema de temperamento, eu sempre era a vilã, as únicas crianças que tiveram coragem de ficar perto de mim... acho que dá até para contar nos dedos.


O solto, rindo da ironia da via e indo para um portal, ascendendo a luz ali, a cozinha, era bem equipada e moderna, não muito grande mas essencial para uma casa daquele tamanho onde supostamente deveria estar cheia de gente e não só uma filha e os pais.


-Vou esquentar um pouco de água, precisa aquecer seu corpo, verei se possuem roupas limpas do meu pai para você trocar.


Encho a chaleira elétrica de água, a coloco em seu suporte a ligo, vou até a área de serviço assobiando e mexo nas roupas para guardar, retiro um conjunto de moletom rosa claro e dou risada, como adoro o gosto dos meus pais, ao menos se mantem na moda e não parados no tempo.


Escuto o barulho da chaleira e coloco saquinhos de chá de hortelã em cada caneca e encho de água, pego ambas com cuidado na bandeja que estavam, voltando a sala, o achando e estendendo as roupas dando um leve riso.


-O banheiro daqui de baixo é logo ali, se troque e me entregue a roupa para a máquina.


Deixei a bandeja na mesinha de café e ligo a TV, fazendo uma careta de tédio para o que passava, mudando de canal, enquanto me estico nada feminina no sofá, eu podia exalar sensualidade, feminilidade e hormônios na rua, mas em casa podia ser aquela garota que sempre fui, ninguém julgaria mais, ninguém me provocaria e ninguém falaria que deveria ser mais isto ou mais aquilo.

One more time

 © LOUIS! 

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 12th Julho 2016, 9:51 pm

- Don't blame me if I lose control
 
- Olhe o perigo que estou me metendo. - Deu risada enquanto ainda a sentia próximo a suas costas em um minuto que também escutou novamente sobre o seu temperamento. Hansol não conseguia focar que ela poderia ser um problema. Que talvez no novo status que estavam, não se aborreceria com as probabilidades de um dia que for ver ela, levar um tapa ou um palavrão. Aquilo faria mais parte de ocupar o seu vazio do que algo estrondosamente gritante. 

As luzes se acenderam e ele se virou. 

As pálpebras piscavam lentas e os dedos das mãos que eram fortes, enfraqueceram. Era uma cozinha muito bonita. Supostamente os pais dela realmente fazia zelo a tudo que tocava entretanto, mais uma vez ele se jogou ao cinza :

- Kyungsoon. - O timbre vazava afim de cortá-la no mesmo instante que sentiu os ombros dela cortarem o seu com as vistas sensibilizadas. Olhou o fogo aceso e a chaleira reluzir contra a luz baça da lâmpada que também contrastava contra a sua feição pálida vendo logo seguinte, um tecido roçar o peito desviando-se ao traje. Viu-a o entregar, apertando contra o abdômen visionando o caminho curto.

Se trancou no banheiro para se despir. De uma forma estranha, suas bochechas coraram e os lábios se apertaram. Nunca se sentiu desta forma e se já, não estava em seu juízo mais que perfeito. 

Retirou-se do recinto avistando-a sob o sofá e suas roupas de antes, dobradas e empilhadas cada uma sob a outra :

- Onde posso deixar os meus trapos?!- Sussurrou timidamente apertando o pano da camisa que vestia entre as suas mãos praticamente vermelho. - Muito obrigado pela roupa. Tem certeza que seus pais não chegarão hoje?! - Inquiriu fazendo uma pequena curva em declive de sua garganta emaranhada.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 21st Julho 2016, 3:23 pm



O olho sair do banheiro e até que gosto do que vejo, finalmente um Hansol usando roupas que não o fazem parecer um mendigo ou um ser monocromático, não que seja ruim, mas é legal que ele tenha aceito usar aquelas roupas e ainda ter dobrado as dunas, me levanto e pego as roupas fazendo sinal para o chá em cima da mesa de café.


-Deixe comigo, relaxe, os velhos vão passar um tempo lá, isso se não aproveitarem e viajarem para outro lugar.


Dou língua para ele e volto a cozinha indo para a área de serviço abro a máquina fazendo um certo barulho e jogo as roupas ali, a fecho usando a perna, a programo coloco os produtos e a ligo, aí percebo quantas horas a bicha vai demorar pra me entregar as roupas de voltas limpas e secas, dou uma risada meio irritada e reviro os olhos chingando a máquina.


Pego uns salgadinhos no armário e jogo na mesinha me jogando no sofá com tudo, se Hansol estivesse ali, provavelmente alguma parte do meu corpo se colidiria com ele, se isto ocorresse eu riria e faria sinal para que ele relaxasse, soltando alguma piada relacionada a ele estar quase da cor do moletom, era muito estranho, mas o novo era algo que teria de aprender a não ter mais medo.

One more time

 © LOUIS! 

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 25th Julho 2016, 5:52 am

- Don't blame me if I lose control
assentiu conforme a moça dizia como se acatasse ordens severas. As vestes abandonaram as suas mãos e antes que pudesse interceptá-la com algum ar robusto de sua voz, viu que estavam sendo jogadas contra a máquina. Desviou então bruscamente o rosto para a xícara que aqueceu suas mãos amareladas sentando-se em um canto miúdo do sofá, a um dos braços.

Suas vistas piscaram curiosas ao fitarem o reflexo parado que em poucos segundos, turvaram-se violentas com uma colisão próxima a seu corpo fazendo com que acordasse estendendo os braços avermelhado para frente do peito em uma forma simples de esquivar-se de uma queda. Riu da situação ao fitá-la fazendo gestos negativos como uma brincadeira saborosamente aproveitada :

- Já me fez corar demais para só algumas horas. - Dissse debochando-se de si mesmo elevando com a mão, o chá próximo aos lábios. As íris desapareceram mostrando aprovação e percebendo o enlace, virou o nariz para frente.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 26th Julho 2016, 6:03 pm



Ri alto do comentário dele ficando de joelhos no sofá, me apoiando nas costas da mobília e o encarando divertida, ele deu brecha, vou aproveitar.


-Ué? Desculpa se RED deixa os outros cotados de alguma forma.


Ri deixando a duplicidade da fala no ar e pegando meu chá, o tomando com cuidado, sentando-me do lado dele, por um momento um silêncio estranho e constrangedor tomou conta do ambiente. Coloquei na mesa a cabeça vazia e disse falhando o disfarçar da minha ansiedade.


-Quer ver o mini estúdio?


Sorri meio torto ao ouvir minha própria voz e fiquei à espera de sua resposta.

One more time

 © LOUIS! 

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 1st Agosto 2016, 6:07 pm

- Don't blame me if I lose control
Red e seu sarcasmo. Hansol começava a se acostumar com aquilo aliás, logo não conseguiria olhá-la sem a rebuçada ironia. Muito atraente. Talvez era isto que despertava interesse nos homens. Tudo aquilo que lhe parecesse inalcançável ou bem jogado, trazia prazer. 

Ele pelo menos, não perderia tamanha oportunidade. 

Desceu a xícara a olhando de olhos estreitos a quem dispensasse comentários adversos e como consequência, aquele silêncio abusivo imperou. De forma descompassada e sem se importar com destreza, repousou a xícara sob a pequena mesa arquitetônica mantendo os olhos ainda bem cravejados aos resíduos restantes do chá. Uniu ambas as mãos abertas dando uma reverência desajeitada a posição em que estava, tentando esbolçar o melhor sorriso que convisse a tirar um da outra que parecia adentrar num rubor momentâneo : 

- Sim. - Respondeu com simplicidade já tomando mais segurança contra o ambiente. Realmente tinha ninguém ali,o que trazia alívio para com as circunstâncias tão rápidas da maneira que iam. - Claro, se não for tomar tanto tempo… Sabe?! - A questão não necessitava de resposta caso ela quisesse. Já nas análises feitas, poderia ser óbvio que ela poderia dar uma resposta levemente sarcástica ou então, expor ele a coisas mais idiotas que poderia escutar. De forma lenta, suas mãos pousaram sob as coxas dando uma carícia lenta só se erguendo de forma preguiçosa quando essa tomou os passos. 

Este a seguiria de maneira robótica. Evitando um olhar lateral que o distraísse do que ela falara. Seus braços estariam cruzados e acolhidos propriamente aceitável nas condições em que estava recebendo calor.

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 8th Agosto 2016, 7:58 pm



Estava escrachado na fala dele e na feição dele, até nas ações que ambos estavam desconfortáveis, fiquei em silêncio enquanto o guiava até o cômodo, fazendo sinal para ter cuidado com as escadas de decida, abro a grossa porta e ascendo as luzes, revelando um local bem equipado, decorado e aparentando ser profissional e não algo caseiro just for fun.


Faço sinal para ele entrar, o lugar era consideravelmente amplo, era um porão ao mesmo tempo um formidável refúgio, o olho e pergunto num tom calmo.


-Quer tocar algo? Talvez ajude a aquecer seu corpo... Se quiser tem umas partituras naquele armário, isso se for usar... Ah, não esqueça de fechar a porta, se não os vizinhos vão reclamar...


O encaro por um momento fazendo uma careta e sento na bateria, pegando duas baquetas pretas, e arrumando-a, eu realmente precisava aliviar o estresse, eu poderia desfaçar num piano ou algo do gênero, mas a bateria era um bom lugar para manter o controle e dar desculpas sobre cor.

One more time

 © LOUIS! 

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 14th Agosto 2016, 6:35 pm

- Don't blame me if I lose control

Hansol não sabia se foi sua mentalidade hiperconsciente falando mais alto ou se a casa era ambientada em diversas temperaturas. Um vento frio e molhado bateu por cima da tatuagem da nuca fazendo com que o corpo rastejasse para dentro da sala. Novamente aquela sensação mórbida queimou incinerando a questão do que era ter uma família. Era algo desconhecido e que muito ainda queria se ambientar entretanto, as coisas eram impudorosas demais para que recebesse o sim que desejasse e que de certo fosse vir no momento em que protestasse. Era bom numa realidade, confusa em muitas outras.

Quando sentiu a batida da porta se trancar a suas costas, o mesmo dirigiu-se observando a outra se sentar aparando as baquetas sob as mãos observando um piano de canto. Os dedos pálidos de dobraduras rosadas e quase tortas a quem viesse a ser muito analista, pesquisou cada detalhe sorridente como uma criança até encaminhar a face completamente risonho a outra :

- Kyungsoon. - A voz era desafiadoramente carregada de uma carga sacana. - Na sala, pensei por um momento que iria me mostrar o seu lado Tchaikovsky. - Pigarreou cerrando os punhos elevando a frente dos finos beiços róseos dando continuidade :

- Posso até quem sabe… - Puxou a frase por um tempo um timbre ligeiramente convencido girando o pulso contra o ar de olhos revirados dando modesta ênfase ao que falaria. - Uma rápida aula. - O rosto se virou contra os declives das notas deixando soar três zunidos agudos no lugar cruzando os braços como alguém muito experiente tornando a fitar a loira :

- Acredite. É uma arte, quando finca os dedos nas teclas. Falam que drama e raiva são sensações parecidas e ótimas de serem ouvidas. Intensas. Se errar, um palavrão se torna um rap. - Riu com um ar orgulhoso. Comum em noites seletivas onde bebia mais da conta, tocar algo que compusesse uma orquestra. Hansol para falar a verdade, seguia o exemplo perfeito de raiva e emoção. Nervoso e sem humor, eram estados nunca escondidos até de forma carnal.
Efemeramente avizinhou o assento tentando sentar-se da maneira mais confortável chamando-a com um olhar curioso contra as reações repousando a mão contra o canto correspondente da extensão do braço tocando uma corrente rápida :

Vai ser ahn… Diferente. Gwang e Han compartilhando algo irreal. Suas mãos serão ágeis para alternarem o que precisamos. - Acrescentou.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 14th Agosto 2016, 10:44 pm



Fiz uma cara de falsa ofensa ao ouvir o que ele me falava, logo aquele compositor? Será que não fui claro que não entendia lhufas de romantismo? Pelo visto ele queria proximidade, logo no piano, daebak, parece que meu pequeno esforço para não me envergonhar fora pro espaço.


Dou uma olhada curiosa ao ouvir uma certa insinuação, que teve pausa, faço sinal que fale, enquanto com a outra mão, guardo as baquetas novamente, dando uma risada com o que ele fala, olhando surpresa, ele sabe tocar piano, me levanto e me aproximo com certa cutela, com as sobrancelhas arqueadas, o observando.


Fico ao seu lado, ouvindo as outras palavras, quem diria que ele filosofaria daquela forma, logo ele, se bem que nunca imaginaria que eu teria algum relacionamento deste tipo com alguém, então não tenho moral alguma para não me surpreender com ele, mas ao menos foi algo bom, não um veneno, mas palavras belas de quem sabe usar palavras.


Olho o banco ao sentir o olhar dele em mim, me sento, aquela proximidade era estranhamente desconfortável e confortável, o olho e digo observando suas mãos, um tanto surpresa e curiosa, porém no olhar, meu rosto estava com mechas na frente escondendo certa coração das orelhas e a confusão, era muita informação para absorver, além do mais, mesmo não tocando muito piano, eu realmente havia tocado muito daquele pianista por causa do que ele disse, raiva e drama.


-Qual peça? Para sua sorte este eu sei tocar, mesmo que nunca fui capaz de expressar nada além de raiva, acho que será o primeiro dueto que toco...


Viro o rosto para ele e espero sua resposta tocando as duas mãos na minha parte do piano, num arranjo rápido com um ritmo crescente, porém para minha surpresa parecia alegre, o que me fez olhar para o piano com uma expressão estranha e de surpresa, nem eu sabia que era capaz daquilo, realmente, é fácil saber o que os outros sentem através daquele instrumento.

One more time

 © LOUIS! 

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 15th Agosto 2016, 1:59 pm

- Don't blame me if I lose control

Kyung. É um piano e não uma guilhotina.- Hansol disparou com um tom de deboche. Não a ela. Mas sim por estar totalmente incrédulo de que ela realmente iria tentar tocar o piano. Mesmo que insegura o que realmente em toda noite ressaltou sua beleza, deu risada ao quase perceber que a frase soou em uníssono na cabeça e na fala estalando novamente todos os dedos apreciando a qualidade que vazavam dos dedos amendoados dela. Sua sobrancelha arqueou e o dedo indicador ligeiramente pousou contra o material bem tratado :

- Você tem um conceito bem esquisito de sentir raiva. Não está saindo nem fumaça da sua cabeça. - Uma risadinha ecoou logo querendo dar suporte a seu som. O homem já prostrava-se completamente adverso a situação. Até o rosa da roupa que grandemente parecia o aborrecer, foi esquecido. Esperou o tempo certo para tentar dar um ritmo e virando o rosto, apontou duas vezes o nariz :

- Pra quem dizia que era agressiva. A leoa virou uma gatinha. - Pigarreou para que não soasse tão estranho como minutos depois da interpretação. Seu queixo inclinou aos dedos dela vendo a movimentação alternada e bem pausada :

- Encontrei uma cobaia para alguns feats. - Comentou ironicamente tornando a repousar as mãos acima das cochas. - O que me diria? - Inquiriu até checar o nada por cima de seus ombros.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 15th Agosto 2016, 9:51 pm



Realmente, aquele ritmo não demonstrava nem 1/15 de raiva que era capaz de gerar, pois eu não sentia-me irritada como o usual, até a alfinetada dele, parando de tocar e cruzando os braços, o olhando com um olhar cerrado e nada gentil, solto um tesk sonoro voltando a tocar sem o olhar, apenas fitando minhas mãos que tocavam um ritmo mais caótico e mais agitado, alto também, devido a força aplicada nos dedos, então ouvi o que ele disse sobre cobaia para alguns feats, deixei uma mão tocando duas teclas em tom de suspense.


-Eu não sou para testes, ou tudo, ou nada.


Dou um riso meio venenoso e coloco uma mão em sua face, roçando as unhas com certa intensidade, deixariam uma marca momentânea, por mais que meu humor tendesse a querer ver sangue, ele estava me provocando muito, se eu fosse ele não abusaria da sorte, eu ainda não sei como eu aceitei o que ele me pediu e como ainda dei abrigo a ele.


-Que tipo de feat quer começar, creio que ir lançando minha imagem faça uma boa propaganda e teaser da minha dupla. Além do mais, ao menos eu sei dançar e cantar, além de tocar e fazer raps.


Dou um leve selo nele sem pensar e solto seu rosto, me levantando e pegando um caderno e umas canetas, pondo no suporte a abrindo, revelando as folhas de partiduras em branco.


-Alguma ideia em sua mente... Hansol?


Sorri irônica igual ele soltando o último veneno.


-Ou quer que a gatinha pense nisto também, ai seria um feat reverso, não?


Solto uma gargalhada maliciosa e perversa enquanto brinco com algumas notas no piano, então volto meu rosto para ele, enquanto ainda esperava sua resposta, não conseguia ficar quieta, creio que logo não conseguiria cumprir minha palavra em relação a não ter ada carnal.

One more time

 © LOUIS! 

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 20th Agosto 2016, 4:29 am

- Don't blame me if I lose control
 
- crazy guy! - emitiu alto fincando os dedos com violência contra o piano enquanto sentia as unhas ardentemente o causarem uma sensação impetuosa e difusa de ideias. Logo riu escutando-a conforme a gesticulação. O beijo rápido e sem explicação, o fez ainda manter a face de lado para ela até retomar as devidas atenções as teclas :

  - ok. Arrisca e não petisca. Iremos sim fazer isso e não me importo o que diabos irá lançar com isto. - a risada soava ainda mais confiante ainda a assistindo com muito drama carregado nos escudos escuros dos olhos e a boca apertada como se procurasse algum argumento desafiador. Passou ambas as mãos por cima das coxas cor de rosa se elevando com a face clareada e sorridente. - kyungsoon. Acho melhor eu ir partindo. Ver você me desafiando dessa maneira como um rebatedor de baseball não vai dar certo. - Os pés desaguaram firmes e bem equilibrados por trás dela com o pescoço inclinado a encarando :

- queria que esta música saia contraditória. Já imaginou?! Realizar uma letra que diga a união de duas coisas propensas a cair? Como nós dois? - Comentou vagamente e muito apesar a frase tivesse saído em desconcordância ao que havia se passado momentos muito antes, a voz saia inerente e muito mais crente ao que hansol pudesse imaginar ter falado. Sua mão repousa contra um dos ombros da mais nova enquanto a coluna dava uma inclinada próxima a um dos ouvidos :

- podemos fazer uma aposta também. Se a música emplacar positivamente a mim, acredito que seus fãs adorariam vê-la vestida de alguma sailor moon! - Se aquilo era sério? Gwang não sabia dizer. Deixou aquilo pousar no ar para ver a reação da outra não se contendo com a sua hiperatividade maldosa. A todo modo também, sentiu um nó na garganta se de repente ela impusesse o contrário o colocando em uma posição constrangedora a si, mas de divertimento a ela. 

“ Han sabia ser um perigo no semáforo quando queria e o outro exigia estar armado até os dentes quando o momento chegasse. “

Deferiu dois tapas quase sem sentido afastando-se do corpo com um rodopio soprado tentando destrancar a trava da maçaneta da porta relançando um olhar por cima de um dos ombros puídos e excluídos de altivez :

- melhor eu ir pegar as minhas roupas. - o rosto se aprofundou em uma escuridão insistente elevando um pé de cada vez contra os degraus. Quando sentiu-se estável contra as duas inflexíveis paredes que o cercava, virou-se como se sentisse a presença da loira ao seu encalço :

- acho que da próxima vez, podemos ir jantar sem um furar com o outro andarmos perto de um parque como o de hoje levando dois guarda-chuvas amarelos e grandes e refazermos a noite sem tosses e espirros para soar bem clichê e para me ajudar a me ambientar a esta nossa… nova fase! - As íris procuraram o corpo amendoado da rapper como quem caçava algo temeroso com ambas as mãos afogadas no tecido macio da calça.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 22nd Agosto 2016, 6:49 am



Eu realmente não esperava aquilo, sempre que acabo me expondo as pessoas perde,o interesse ou desistem momentaneamente de mim, aquilo me enfurecia, eu não conseguia ouvir mais nada, não claramente, minha respiração estava lenta e meus olhos se fecharam, sentindo a fúria vir, apenas abri os olhos ao ouvir a porta se abrir e os passos na escada.

Me levantei sem fazer um som qualquer, mas ele parecia pressentir o perigo, meu olhar não era nada amigável, eu estava mais que irada, acho que satanás teria medo de mim, ouvia a fala ridícula dele, foi o suficiente para meus pés subirem rápido a escada, minha mão o empurrar contra a parede na região do peito dele, bem, foi mais a mão e depois o antebraço o prensando nada gentil contra a parede, a mão esquerda voava feroz contra o rosto dele e depois o segurava forçando que olhasse para mim.

-Primeiro, isto é vida real, você e eu não somos protagonistas de um drama, segundo, mesmo que fosse, olhe para nós, seríamos provavelmente os vilões ou os secundários, terceiro, nunca duvide da minha capacidade, quarto, não sei o que diabos está pensando, mas não sabe o record que foi me manter sem um surto e quinto, eu não pretendo cair, se você pretende, sinta-se livre para fazer isto só, pois se for, me livre dessa fase.

As palavas saíram rápidas, venenosas, altas e furiosas, minha mão apertava seu rosto prensando minhas unhas na sua face, a soltando na ultima palavra, subo as escadas nada gentil, minha respiração estava irregulada e já me preparava para ir para o outro lance de escada me virando para ele, sabia bem que ele não era indefeso como os outros.

-Covarde.

O fico encarando, segurando com força, a ponto de marcar a madeira com as unhas, enquanto a outra mão se fechava em um punho, ferindo a própria mão devido a força, eu estava totalmente fora de mim, fazia um tempo que eu não dava um surto desta altura, mas eram muitos sentimentos desconhecidos e conhecidos mistos. Não podia sentir, mas já havia sangue caindo da minha mão cerrada, as lágrimas que desciam eram de frustração e uma certa tristeza, porém nada daquilo eu sabia que estava acontecendo.

One more time

© LOUIS!

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Gwang Han Sol em 23rd Agosto 2016, 6:59 pm

- Don't blame me if I lose control
 
- você está entendendo tudo errado. - aquilo lhe pareceu apenas o início para entender kyung. O tapa o fez virar o rosto quase com as próprias mãos tremulantes e formiguentas a envolver o pescoço alheio. Mas não o fez. Sol respirou erguendo os olhos para cima vendo-a se afastar totalmente vermelha. Por um tempo parado, assistia as mínimas reações depois calculou a força e gravidade das palavras até estalar o som do pé com uma virada do calcanhar se afastando da outra. Sua cabeça estava baixa e seus lábios vibravam como se sentisse um rigoroso frio. 

Quando virou-se na esquina do corredor, olhou para trás coçando a própria nuca balbuciando um covarde em tom baixo após um supro superficialmente grave a quem manifestasse completo desprezo. O silêncio reinou vagamente quando já se vira fora do campo de visão :

- pensar errado as vezes não faz bem, red. - Mesmo que longe, o som grosso e aparentemente sólido fazia-se presente como se o rapper estivesse ao lado dela. - não é um drama. Mas tento me esconder como se fosse escrito e tivesse mesmo um fim… - Desta vez, tudo que falou saiu baixo como se o mais velho tivesse sido transferido para um outro plano. Desaparecido para falar a verdade.

O som de água percorre o caminho abafado com a sua estatura agora voltando ao mesmo ponto inicial da suposta briga, erguendo as duas mãos da loira para que segurasse firme contra o copo. Havia ficado mudo depois daquilo. Sua garganta se trancou até de uma forma em que era complicado passar ar. Mas não hesitou a permanecer do lado dela com os punhos fechados e a cabeça batida contra a parede de olhos semicerrados. Diferente de muitas situações, Hansol não pediria desculpas. Ele era uma caso complicado de equações que se invertiam a resultar nela. E de tal forma, odiava pensar em matemática.

As íris mesclaram então algo obliterado procurando o caminho da máquina para retirar as roupas. Estavam menos úmidas e menos horríveis como pensava, tentando trocar-se o mais rápido que poderia :

- Muito obrigado” Kyubgsoon. Espero que tenha… Uma ótima noite.- Seus cumprimentos vazaram afastados. O dedo indicador no entanto apontava minuciosamente próximo a um dos bolsos da outra. - Vou te ligar mais tarde. - A maçaneta emitiu um som horrível entre seus dois ouvidos. - Quero conversar quando estiver mais calma. - Metade do corpo para fora e olhos fixantes no rosto praticamente ruborizado e fulgorado de raiva. Ele tremia e não era pouco. O ombro largo parecia ter dado uma inclinada quando os cabelos toucos mexeram com a brisa turbulenta da madrugada :

- Não me deixe sozinho e… Me perdoe. - O melhor que pareceu tinir da garganta. Trancou e foi embora. Não derrotado, mas vendo que tinha um novo desafio a frente.
Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
51

Idade :
26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Han Kyung-Soon em 23rd Agosto 2016, 11:06 pm



Pude sentir o toque dele, tentei resistir mas o calor do sangue me fez sentir que havia me ferido, podia sentir o calor do sangue manchar a blusa, mas meus olhos se fecharam com força e raiva, escuto o que ele fala, cada vez mais distante, abro os olhos apenas ao ouvir a porta se abrir, meu olhar era feroz, minhas peras queriam se mexer, mas a força parecia ter ficado na escada, no sangue que corria, na face dele, ele não revidou, as palavras dele ficaram em loop em minha cabeça, enquanto observava a porta se fechar, não sei quanto tempo até me tocar e ligar cada peça, estúpida.

Ego, meu ego era grande de mais para dizer o que deveria dizer, sento na escada, olhando a mão, dando um tesk sonoro, o mais engraçado era que aquela dor era mínima para uma nova dor que desconhecia, mais curioso que isto era meu corpo voltando para a escada que descia, passando a mão não ferida na parede, respiro fundo e abro a porta, só havia um modo que conhecia, música, retiro minha blusa e a rasgo, fazendo um curativo para a mão, coloco o celular sobre o piano e começo a repetir a melodia que ele havia começado antes, a cada ideia uma linha, mas um dueto não deveria ter só um lado, não tenho coragem de dizer o que penso mas na música eu possuía todo o controle.

Mas meu orgulho só permitiria mostrar o pequeno lapso de criatividade se ele cumprisse sua palavra.

...RP ENCERRADA...

One more time

© LOUIS!

_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - 8.760.000

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum