[RP fechada] Lit nights

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 26th Dezembro 2015, 3:05 pm


Era cerca de 19:00, a luz do sol já havia sido substituída pelas centenas de luzes da cidade, o centro já estava ficando vazio e os bares cada vez mais cheios, um deles era o Kape, um dos maiores da cidade e sempre estava cheio, principalmente daqueles que tinham interesse em ingressar na vida de k-idol, mas eram poucos aqueles que tinham o privilégio de entrar naquele lugar quando queria graças a sua super lotação rápida.


- RP fechada entre Gung Hyuk Dae e Kim Hyun Jae -



_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 26th Dezembro 2015, 3:59 pm



Geobuneun geobuhae
Após aquele dia atordoante com tantos nada pra fazer estava louco para sair, mesmo que eu tivesse ordens vindas de meus pais para não sair e fazer festa por ai, poderia estragar a imagem deles e um bla, bla, bla que pouco me importava, soube que muitas pessoas estavam indo para um lugar chamado Kape para poder cantar e dançar, mostrar os seus talentos, mas tinha que fazer reserva para ir, ri quando soube daquilo, como se me impedisse de entrar no bar.
Quando era mais ou menos o horário, pedi para as empregadas pegarem uma roupa para mim, por sorte elas sabiam que ternos não combinavam com isso, após colocar o moletom que tinha aqueles estilo americano, coloquei uma touca preta que só deixava exposto a minha franja verde, coloquei os fones de ouvido e fui driblando os seguranças que vinham atrás de mim, o motorista por sorte já estava me esperando, disse o local e ele ligou o carro antes que me tirassem dele.
Ao chegar no tal bar fiquei olhando para ele por um tempinho, era iluminado e tinha uma multidão imensa na frente, não era algo tão grande e também não tão pequeno, mas com certeza não cabia todo mundo que estava ai fora lá dentro, o motorista abriu a porta para mim e eu sai, soltei um suspiro quando os fotógrafos já vieram na minha direção, fingi que eles não existiam e continuei indo em direção do bar, ignorei também as pessoas que literalmente abriram um corredor para eu passar, mas quando passei por elas dei um riso baixo, o dono do bar nem mesmo me cobrou a entrada, quando entrei por lá tudo ficou em silêncio por um minuto e os olhares foram para mim.
Dei de ombros e caminhei para um canto do bar, tudo voltou ao normal depois de uns segundos, um grupo de pessoas desconhecidas estavam começando a me cercar, começando a conversar comigo como se fossemos melhores amigos a décadas, revirei os olhos, depois que tudo aquilo me encheu o saco me afastei daquelas pessoas, tinha dó delas por me tratarem daquela forma, me sentei em uma cadeira ao lado de uma garota e ignorei os olhares em minha direção.
Vai se apresentar? —Pergunto olhando para ela pela primeira vez, parecia ser uma pessoa bem de boas e esperava que ela não fosse pirar ou coisa do gênero, a fila para subir no palco era imensa, lá em cima tinha um grupo de garotas que cantavam bem e dançavam de uma forma meio descoordenada, a garota ao meu lado não me respondeu, fiquei incomodado com aquilo, as pessoas não costumavam a me ignorar. —Ei, estou falando com você.
Meu tom de voz já era um tanto grosso, fiz uma careta, terminava de assistir as garotas e ri quando uma delas caiu de cara no chão do palco, aquilo estava ficando cada vez mais engraçado e bizarro, queria subir no palco, mas mais tarde, naquele momento queria saber qual tipo de problemas aquela garota tinha por me ignorar daquela forma.

_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Kim Hyun Jae em 26th Dezembro 2015, 4:48 pm

Havia sido convidada para uma noite só de “garotas”, era assim que suas amigas denominavam aquela noite e mesmo que achasse um pouco ridículo gostava de estar perto delas. Tinha decidido trancar a faculdade e ingressar na vida musical como a maioria dos jovens e nada melhor do que ir para um bar Karaokê no centro de Seul, que reunia os mais jovens sonhadores que querem ou já estão no mundo Hallyu. Era necessário ter uma reserva por conta da popularidade que o local carregava, e por sorte as amigas haviam feito isso, assim não precisaria pegar fila atoa. Kape, era o nome do Karaokê, era bem famoso e isso fazia com quem as pessoas concentrassem suas atenções ali, era comum encontrar celebridades querendo ter um tempo longe da mídia, mas era algo impossível já que os paparazzis acabavam por encontrar o local e alguns até invadiam, além das fãs que não escondiam o fanatismo.
Mas, Hyun não era famosa, tampouco teria alguém atrás de si e isso era confortante. A fila havia demorado bastante, mas foi uma das primeiras a entrar no local, suas amigas haviam reservado um belo espaço “vip” e com toda certeza gastado uma grana imensa com isso, só que nada dessas coisas chamavam atenção da menina, pelo contrário, porém uma concentração de pessoas em um único lugar deixava as coisas estranhas, um murmurinho incomum e gritinhos de meninas podia ser ouvido mesmo com a música alta que estava sendo cantada no momento. Algum famoso havia chegado “uhu, que coisa legal”, pensou. Deu de ombros até ver um jovem rapaz alto e com cabelo verde passar, conhecia bem aquela fisionomia, era o coelho. Seus olhos arregalaram-se e ela apertou o próprio braço para ver se não estava sonhando. Havia passado um bom tempo, mas reconheceria aqueles olhos puxados em qualquer lugar, mas diferente do que parecia na capa da revista, ele estava sendo bastante antipático com suas fãs. Ignorava as pessoas que pediam foto e ria das que estavam cantando, de fato a mídia podia deixar alguém muito agradável quando quisesse, mas que na real eram babacas. Assim como aquele menino estava sendo.
Ignorou o fato da sua maior paixão platônica estar ali, o encanto tinha acabado. Pegou um copo com água e deu um gole na bebida, fechando os olhos e cruzando os braços. Sentiu quando de repente alguém sentou ao seu lado e puxou assunto, abriu um dos olhos e espiou de relance, notando que era o metido a famosinho ex paixão platônica. Suspirou alto e voltou a fechar os olhos até ouvir a voz irritante novamente dele. Com calma e um pouco alto decidiu responde-lo. – Eu sei que está falando comigo, mas notou que eu não quero falar com você?

_________________

Independentes
avatar
Mensagens :
36

Idade :
22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 26th Dezembro 2015, 5:27 pm



Geobuneun geobuhae
Ignorei o fato que ela tinha praticamente gritado comigo ali, que tipo de brincadeira era aquela? Além de meus pais, ninguém nunca havia me tratado daquela forma que a garota estava fazendo, foi como um choque percorrendo o meu corpo, minha primeira reação para aquilo com certeza foi sorrir de canto nervoso, arrumei a minha touca e mordi o meu lábio, sentia-me muito incomodado com aquilo, o que eu havia feito para ela? Nada, foi até simpático pois não estava com vontade de conversar com ninguém, mas ela o tratava como se fosse um João Ninguém, gostava e odiava aquilo, ela não precisava ter sido tão grossa daquela forma.
Ta... —Simplesmente disse, era perceptível o tom de irritação na minha voz, a apresentação das garotas acabou e logo o próximo grupo subiu ao palco, eram bem melhores que as anteriores, algumas garotas vinham pedir foto e assenti, tirei foto com elas e imaginei o motivo de pedirem aquilo, eu não era famoso, meus pais eram ricos e famosos, aquele nome que eu carregava era horrível, parecia uma maldição nessas horas, voltei a olhar para a garota ao meu lado. —Está sozinha? Se estiver, poderia me fazer companhia? —O que eu estava fazendo? Nem eu mesmo sabia, talvez não queria admitir aquele fora e que a mídia me deixasse um pouco em paz.
Bufei enquanto a menina possivelmente ainda tentava me ignorar, ouvia a música de fundo era um ritmo gostoso, comecei a rimar baixinho só para mim em meio ao ritmo da música, assim que a parte passou voltei a me calar e uma garçonete me trouxe um copo de água, sorri para ela e agradeci, bebendo o gole e fazendo uma careta, queria beber algo alcoólico e ao mesmo tempo não.
Qual é o seu nome? Me chamo, Gung Hyuk Dae... —Estendi a minha mão discretamente para ela em cima da mesa apara cumprimenta-la, se algum dos fotógrafos visse aquilo começariam as fofocas falsas e não queria aquilo no momento. —Ainda não me respondeu se vai se apresentar.

_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Kim Hyun Jae em 26th Dezembro 2015, 5:54 pm

Estava mais do que na cara que o rapaz não iria deixá-la em paz tão cedo, estava ansiosa por estar ao lado de alguém que só viu em revista, mas frustrada por ser alguém tão diferente de quem idealizou a metade da vida. Mordiscou os lábios e abriu os olhos, encarando-o com estranheza ficou se perguntando o motivo dele estar lhe enchendo a paciência, havia várias garotas diferentes e mais simpáticas que Hyun por li, mas ele queria mesmo era permanecer ao seu lado e conversar, o que era de fato muito estranho e um pouco curioso. O som ao fundo mudou e um grupo de garotas cantava uma música lenta e ritmada que era bastante agradável, o que a surpreendeu foi a rima que com muita destreza foi feita pelo menino que não cansava de puxar conversa com ela. Era incrível como as palavras de sua rima combinava com a música ao fundo, aquilo era muito bom. – Parabéns! – Disse em um tom neutro sobre o pequeno rap, e descruzou os braços. Deu um último gole na água e voltou seu olhar para ele, tombou a cabeça para o lado e inflou as bochechas por alguns segundos, o que acabou formando um bico em seus lábios. A forma como as meninas lhe abordava estava incomodando-a e muito, toda hora alguém se aproximava e pedia um autografo ou foto, mas o motivo real não sabia, talvez ele fosse um rapper famoso.
- Essas... Meninas vindo toda hora aqui está me incomodando. – Olhou para as amigas que estavam longe, mas que até o momento estavam caladas e a olhavam estranho, como se Hyun estivesse louca em rejeitar um rapaz tão bonito daquele. – Alguém já disse que você parece um coelho? - Lembrou-se de quando pensou isso dele pela primeira vez e de um jeito engraçado a sua mão começou a suar frio.
Não estava sozinha, mas sabia que as meninas não iriam se aproximar tão cedo para dar privacidade aos dois. Deu de ombros e olhou para o palco, queria poder subir e cantar para todos, mas não tinha coragem o suficiente para isso, então só poderia sonhar com o momento em que não fosse mais tão tímida assim. Respirou fundo e abaixou o olhar, procurando algum motivo para ir embora e deixa-lo ali sozinho, não se sentia à vontade ao seu lado com tanto assédio. Viu que ele havia se apresentado e pensou muito bem se diria seu nome, por fim não viu mal algum naquilo, mas ignorou a mão estendida dele. – Hyun Jae. Hyun Jae Kim. – Disse o nome completo e viu suas amigas subirem no palco para cantar. Os olhos da pequena se arregalaram de uma vez, e uma expressão engraçada se formou em sua face.
- Jinjja?! – Apontou o dedo indicador para onde elas estavam e pareciam animadas, riu alto e escondeu o rosto, torcendo para que elas não a chamassem. – Aigo! Ah.... Já me apresentei, então licença. – Não queria passar vergonha e nem estar ao lado dele, portanto, levantou pronta para sair dali.

_________________

Independentes
avatar
Mensagens :
36

Idade :
22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 26th Dezembro 2015, 6:49 pm



Geobuneun geobuhae
Ouvi o comentário dela sobre as garotas que estavam vindo toda hora, era meio óbvio que não estaríamos sendo interrompidos o tempo inteiro se estivéssemos no andar de cima, dei de ombros e olhei para ela.
É normal, mas acho que logo vou ter que ir embora e te deixar em paz... —Respondi num tom meio perdido, olhava para o copo colorido em minha mão, mas segui o olhar da garota para um grupinho de meninas que pareciam cochichar entre si, voltei a olhar para a garota que me perguntou se alguém já havia dito se eu me parecia um coelho, franzi o nariz e gargalhei. —Coelho não, essa é a primeira vez, eu me pareço com um coelho? —Pergunto para ela que se apresentou como Hyun Jae Kim, coloquei a mão que havia estendido no bolso do moletom que eu vestia, estava mais do que na cara que ela não iria apertá-la. —É um prazer Jae-Ssi.
Não posso dizer que não me assustei quando Jae apontou o dedo para o grupo de garotas no palco, com certeza ela as conhecia, o olhar delas estavam em nós dois, a garota ao meu lado gargalhou e se despediu de mim, fiz uma careta de frustração, eu não queria ficar sozinho ali, então me levantei e segurei o seu pulso com delicadeza, sabia que ela não queria subir no palco com as amigas então a puxei para a área vip, onde ninguém tinha a possibilidade de chama-la.
Se apresentou mesmo? Estou aqui faz um bom tempo e não vi sua apresentação, uma pena. —Comento tranquilamente enquanto via as garotas se apresentando, pareciam profissionais, era algo completamente diferente do que víamos por aqui normalmente, aguardava elas terminarem para eu subir ao palco, eu nunca havia me apresentado sozinho, ou para o pessoal de um bar e provavelmente estaria morto depois daquilo, mas morreria feliz se esse fosse o caso. —Mas já vai? A noite é uma criança, aproveite e pegue o quiser. —Sabia que ela estranharia a parte de “pegue o que quiser”, tecnicamente eu pagaria, mas não ligava em pagar nada para os outros.

_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Kim Hyun Jae em 26th Dezembro 2015, 7:44 pm

Parou de imediato e sentiu o corpo todo se arrepiar de um jeito bem estranho, os lábios ficaram secos e o coração parou, as bochechas estavam vermelhas e algo subia pelo seu corpo. Era raiva. Olhou para trás e encarou o rapaz, mordeu os lábios novamente e antes que pudesse responder foi puxada para uma área acima deles, estava confusa e um pouco assustada, a forma idiota que ele estava agindo era como se ela fosse uma das fãs ridículas dele, não perguntava se queria aquilo ou não, apenas fazia sem questioná-la e odiava isso nas pessoas. Odiava alguém que vivia em seu próprio mundinho e por estar brava não sabia como responde-lo e foi logo confessando um de seus maiores medos. – Não me apresentei, menti. Tenho vergonha. – Despejou tudo antes de notar o que estava falando, arregalou outra vez os olhos e colocou a mão na boca. “Aigo”, pensou e quis bater em si mesma por ter dito aquilo logo para ele. Mas, torceu para que ele não tivesse escutado e esperou ele terminar de falar.
Não sabia o porquê, mas ele a irritava profundamente desde o momento em que abriu a boca pela primeira vez, o jeito, o olhar, o sorriso, até a personalidade irritava. Queria ir embora, fugir, ir para qualquer canto, mas algo não deixava e nem mesmo a raiva que estava sentindo deixava. Só que Hyuk se achava demais, a tratava como uma fã que estivesse implorando por sua presença quando na verdade queria era se livrar dele. Coçou a têmpora e bufou baixo no segundo em que ele ofereceu tudo o que ela quisesse, revirou os olhos e com o dedo indicador apontou e cutucou o peito dele. – Está achando que eu sou quem? Uma de suas fãs histéricas que quer sua presença a noite toda? Sequer te conheço, garoto. Faça o seguinte, pegue seu dinheiro e enfie no.... – Antes de terminar a frase ouviu suas amigas anunciarem no microfone “Dedicamos essa música a nossa amiga Hyun e ao seu companheiro do cabelo verde. ”
Virou o corpo em direção ao palco e exclamou bem alto “Mwo”, as bochechas agora estavam vermelhas de vergonha, o corpo tremia por inteiro e sentia vontade de matar suas amigas e se enfiar em um buraco qualquer. Colocou as mãos na cabeça e sentou no sofá próximo de si, balançando a cabeça negativamente e torcendo para que elas não chamassem para ir ao palco cantar.

_________________

Independentes
avatar
Mensagens :
36

Idade :
22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 26th Dezembro 2015, 8:56 pm



Geobuneun geobuhae
Ela era doida e esquisita, não sei como explicar direito, um minuto estava me odiando no outro nem tanto, agora já estava falando coisas sem pensar, simplesmente assenti quando ela confessou que tinha medo de se apresentar, sorri de uma forma meio boba para ela, poderia até dizer que a entendia muito bem, mas não era vergonha ou medo do palco, era medo de não ser bom e acabar tendo que viver como um idiota como meu pai e morrer de estresse, faria o que a minha avó tinha me dito, seguir o meu sonho e não o dos outros.
Vi que Jae ficou com vergonha de ter dito aquilo, então fingi que não ouvi nada do que ela disse anteriormente sobre seus medos, ficar comentando sobre não era a coisa mais certa de se fazer principalmente quando a pessoa é louca igual ela. A reclamação da vez era ela falando coisas sem fim sobre eu tratar ela igual fãs minhas, eu queria rir de verdade, estava tratando ela como amiga e era completamente diferente, fora que as “fãs” que ela falava só queriam o dinheiro e tentar a sorte de me encantar, apenas dei de ombros indiferente.
Foi quando ouvi uma dedicação no final do show das garotas, aplaudi e ri, aquilo era engraçado e fofo da parte delas, olhei para Jae que estava se sentando em um dos sofás que tinham ali, antes que eu pudesse fazer alguma coisa, a garota parecia que ia entrar em estado de choque, mordi o meu lábio e fui para o lado dela, sentando-me um tanto afastado pra ela não achar que estava interessado em fazer alguma coisa com ela ou algo do gênero.
Foi bastante gentileza delas dedicarem à música, não precisa ter um infarto ai. —Disse cruzando os braços e sorrindo de uma forma mais tranquila, observando as reações dela e soltei um suspiro. —Eu estou te tratando como minha amiga e não como fã ou coisa do gênero, pare de imaginar essas coisas absurdas. —Respondo sobre o desabafo dela após eu ter dito que ela poderia pegar o que quisesse.
As garotas logo terminaram de cantar, olhei para o palco vazio e depois para Jae e voltei a olhar para o palco, olhei novamente para Jae e depois para o palco, sorri largamente e estendi a minha mão para ela.
Vamos perder esse medo. —Comentei puxando ela para o palco, por sorte deixaram eu entrar antes do grupo que estava esperando, pedi para colocarem a música e pediram para começarmos a nos preparar, entreguei o microfone para Jae e fiquei com um deles em mãos. —Respire fundo que você vai arrasar, pronta ou não, ai vamos nós.


_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Kim Hyun Jae em 26th Dezembro 2015, 9:53 pm

Olhou com a boca semiaberta para Hyuk, piscou várias vezes perguntando a si mesma o que tinha na água dele para ser tão simpático com ela, mesmo que o tom fosse rude pela primeira vez na noite estava achando legal estar ao lado dele, o que era bem estranho, já que imaginou que ele não tinha capacidade o suficiente para ser agradável com as pessoas, não o conhecia bem, mas o que tinha visto durante a noite não tinha lhe deixado animada, só que por incrível que pareça ele conseguia parecer alguém suportável. – Tá, tanto faz. – Respondeu em um tom seco quando ele disse sobre amizade e todo aquele blá blá blá. Cruzou os braços e encostou no sofá, mas aquilo não durou muito tempo quando ele a segurou pela mão e arrastou-a como se fosse um simples saco de batata, não sabia para onde estavam indo outra vez, mas travou quando em um piscar de olhos já estava sob o palco.
Olhou para os lados e tentou dar um passo para o lado querendo fugir, mas algo travou seu corpo e não conseguia de jeito nenhum se mover, não percebeu que segurava o microfone, apenas encarava o público e ouvia suas amigas gritarem ao fundo, o que tornou tudo mais assustador ainda. Seu coração disparava como jamais antes, as mãos soavam e seu estômago remexia como se estivesse prestes a vomitar ali de tão enjoada que estava ficando. – M-mwo? – Sussurrou para Hyuk, sentindo os olhos marejarem, mas já era tarde e ouviu ao fundo a música começar. Conhecia bem e a primeira deixa seria sua. Com toda certeza mataria aquele idiota ao sair do palco, isso se saísse viva. Apertou a mão que segurava o microfone e engoliu a seco, fechando os olhos e levantando o objeto, deixando-o em sua fronte, próximo aos lábios, foi quando soltou um falsete meio desafinado, deixando todos em silêncio, apertou os olhos e segurou a saia do seu vestido com a mão que estava vazia. Ouviu a voz melodiosa do rapaz soar pelo espaço quando ele começou a cantar. Aquilo era tão.... Calmo. Havia se distraído tanto que quase deixou sua vez passar e o medo lhe apossou novamente. 

Ije ara naran saram
Negen uimieopdangeol neukkyeo neukkyeo, yeah

Não soube como conseguiu cantar a primeira estrofe, só notou quando já estava cantando, mas ainda não tinha coragem para abrir os olhos. 
 
Uimi eobsi tto dareun namja manna ppeonhagetji
Japji motage ye dwido dorabojima no way yeah

Cantaram juntos e ao chegar no refrão abriu os olhos, se entregando ao que estava acontecendo. Olhando para Hyuk, só para ele. 

Nan geureoke joheun sarami anya
Neomu eoryeopge saenggakhajineun mara no
Chakhan cheok doo doo roo doo doo roo
Urin wollae geureon sarang don’t say yeah

Deu um passo para frente e levantou a mão que antes segurava o vestido pelo nervosismo. Fechou os olhos outra vez, mas por se deixar levar a música, ao momento.
Neol saranghangeol jiwo (jiwo) You

Sabia o que a música queria dizer e até parecia que estava dizendo o momento que os dois estavam vivendo, mesmo que ele não a conhecesse antes, ela o conhecia. E aquele cara que tinha sonhado e imaginado a vida toda não era igual ao que estava a sua frente.
Wollae geureon sai Yeah

Quando novamente abriu os olhos, sem querer estava segurando uma das mãos dele, estava próxima demais dele. Mas, naquele momento não importava. 

_________________

Independentes
avatar
Mensagens :
36

Idade :
22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 26th Dezembro 2015, 10:31 pm



Geobuneun geobuhae
Fiquei assustado com a cara que Jae fez parecia que ia ter um treco ali, via os olhos marejados dela e suspirei, eu só pisava na bola, agora lembrava porque raramente tinha gente pra conversar, ou alguma companhia, olhei nos olhos dela e sorri de uma forma confiante para ela, piscando com um dos olhos e rindo em seguida.
Você consegue, feche os olhos e conte até três... —Falei, ela fechou os olhos e a puxei delicadamente para o palco, enquanto ia contando com ela, até me distanciar e a música começava a tocar, era suave e nada que precisasse dançar, só queria ver se ela conseguia perder aquele medo bobo, esperei o tempo certo e aproximei o microfone da minha boca, sorrindo e olhando para ela que ainda estava de olhos fechados.

Manhi bakkwieonne jjarbajin heeoseutaildo
Jiteun hwajangdo ttansaram gateunde

Cantei iniciando a música, olhei para o público e posso dizer que fiquei surpreso e chocado ao ouvir a incrível voz de Jae, mas ela ainda cantava de olhos fechados, assim que ela terminou a sua parte, sorri ainda mais se fosse possível, aquela adrenalina tomava conta de mim e era incrível.

Kkameokgetji mwo dareun yeoja mannamyeon dwae

Ela voltou a cantar e vi que ela olhava para mim, olhava nos olhos dela enquanto as palavras saiam da minha boca no ritmo da música e ao mesmo tempo que ela.

Japji motage ye dwido dorabojima no way yeah
Nan geureoke joheun sarami anya
Neomu eoryeopge saenggakhajineun mara no
Chakhan cheok doo doo roo doo doo roo
Urin wollae geureon sarang don’t say yeah

Me aproximava dela em passos lentos, o nervosismo dela era visível de longe, mas tinha certeza que ela deixava a música a levar, era o único motivo pelo qual ela estava conseguindo cantar e não morrendo no palco, a voz dela era encantadora e doce, era até estranho vindo dela.

Ni jeonhwabeonho jiwo (jiwo) moreuge
Urin andwae No No

Não pude deixar de notar o sentimento em sua voz, não sabia o que ela estava pensando, mas parecia estar sofrendo junto com a música e aquilo deixava a música ainda mais bela, eu apenas conseguia me recordar da minha única paixão da vida e aquela que eu jamais esqueci por causa de seus atos.

Maebeon gateun mal jigeutjigeutae Babe
Urin galsurok gabyeowojyeotjanha

Senti a mão dela agarrando a minha mão, segurei a mesma e entrelacei os nossos dedos, estávamos extremamente próximos, eu olhava em seus olhos que haviam sido abertos naquele momento, com a mão livre acariciei de leve o rosto dela e soltei a sua mão enquanto ela cantava a sua parte e eu me virava para o público.

Neodo jal aljanha nan wollae geureon nom
Sunjinhan cheok ni dwieseon neul deoreopji
Gyeolhon hal saido aninde museun sarang
Geujeo neon naege cheol jinan jangnangam
Bamsae sul masigo ttan yeojarang nolgo
Achimi doemyeon tohaenae ni sajin, gieokdo
Ireoke nan beoryeogagetji
Neon dareun nomgwa saranghagetji

Cantei a parte do rap que normalmente era feita por uma terceira pessoa, mas como não tínhamos eu dei uma improvisada, ouvia a plateia ir ao delírio, enquanto voltava a me virar para ela e segurar novamente a sua mão.

Nan geureoke joheun sarami anya
Neomu eoryeopge saenggakhajineun mara no
Chakhan cheok doo doo roo doo doo roo
Urin wollae geureon sarang don’t say yeah

Apenas conseguia sentir o momento estranho e confortante, era como se eu a conhecesse a anos e nem sabia disso, próximo o suficiente, conectados ou algo do gênero, estava sendo uma experiência incrível estar ali e demonstrava isso em meio ao refrão, não me importava se ela me suportava ou não, nada era tão grande quanto ao que sentíamos naquele momento.


_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Kim Hyun Jae em 27th Dezembro 2015, 8:20 pm

Estavam próximos demais, a atmosfera colaborava para deixar o momento favorável para os dois e tornar tudo mais especial. Não saberia descrever nem em mil anos o que era aquilo que estava se passando, mas por alguns minutos era muito bom poder estar próxima dele, não o conhecia bem, sabia somente o nome e que era completamente irritante, que uma parte de si estava o odiando mesmo mal o conhecendo, mas que a outra parte estava amando e muito tê-lo diante de si e estar tendo a oportunidade de cantar junto dele. A voz dele era algo encantadora, totalmente diferente de Hyuk, era doce e potente, passava até um ar de bom moço e isso era uma coisa que ele com certeza não era. “Que estranho isso tudo”, pensou. Sentiu a mão tocar em seu rosto e isso provocou um arrepio grande por seu corpo, isso era... Bom?
Os olhos foram de encontro a mão dele que até o momento Jae segurava, apertou de leve e acariciou, sorriu de lado enquanto ele terminava a parte do rap e soltou, dando um passo para trás e se afastando. O quer que fosse que estava acontecendo ali, ela não queria de jeito algum. Em apenas uma noite, em apenas uma hora ele já estava bagunçando tudo de novo. Só o conhecia por revista, só conhecia o seu exterior e isso a deixava confusa. Ela tinha que odiá-lo, ele era chato.

Nan geureoke joheun sarami anya
Neomu eoryeopge saenggakhajineun mara no
Chakhan cheok doo doo roo doo doo roo
Urin wollae geureon sarang don’t say, yeah

Cantaram o refrão juntos novamente, mas dessa vez não o encarava e sequer ousava fazer isso outra vez. Girou os calcanhares e ficou de frente para o público, apontando a mão para eles.

Neol saranghangeol jiwo (jiwo) you
Ni jeonhwabeonho jiwo (jiwo) moreuge
Urin andwae no no wollae geureon sai

A mão que estava apontando para frente agora trazia junto para o peito, os olhos voltaram a fechar e a música ficava cada vez mais intensa, pois a melhor parte se aproximava.
mollae neol ttara geotda

Os lábios cantaram como quem quisesse dizer tudo para ele, deu mais um passo para trás se afastando muito mais dele.

Meoreojilsurok (jilsurok)
Deo niga saenggangna (saenggangna)
Nado moreuge why niga jakku geuriwo bye

Estava acabando, finalmente tudo aquilo estava acabando. O desespero voltaria e a vergonha também, ao terminar a música ela iria embora.

Neol saranghangeol jiwo (jiwo) you
Ni jeonhwabeonho jiwo (jiwo) moreuge
Urin andwae no no wollae geureon sai, yeah

O último refrão, abriu os olhos e virou para ele. Sorriu de lado, balançando a cabeça negativamente. A única coisa que estava desejando era estar longe dele, de alguém que já odiava com todo coração por bagunça-la tão intensamente.
 

_________________

Independentes
avatar
Mensagens :
36

Idade :
22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 27th Dezembro 2015, 10:50 pm



Geobuneun geobuhae
A aquela altura já tinha até desistido de entender o motivo de ela me evitar tanto daquela forma, nem olhar mais para mim estava olhando, a minutos atrás ela estava até acariciando a minha mão, ela me deixava confuso e ao mesmo tempo irritado com aquele jeito de protagonista de novela dramática... Se ela não fosse atriz de uma delas, enquanto cantávamos via as amigas dela cochichando e gritando, elas sabiam de alguma coisa que eu não sabia e iria descobrir o que era.
Coloquei a mão livre que ela havia soltado no meu bolso, continha toda a vontade de fazer algum comentário ou rir de algo, estava sendo uma situação nova e engraçada, pelo menos para mim que nunca tinha cantado com ninguém daquela forma e ao que parecia, ela nem mesmo tinha subido em um palco.

Ni jeonhwabeonho jiwo (jiwo) moreuge
Urin andwae No No

Meu sorriso ficava menor enquanto o final da música se aproximava, mas não conseguia desfaze-lo no canto, principalmente quando olhava para ela pelo canto do olho, Jae parecia que estava imersa na música, foi quando eu tive uma ideia genial, voltei a sorrir largamente e me concentrava na música.

Kkamadeukhan ni dwitmoseube
Jilsurok...
Saenggangna...
 
Cantava após as frases dela, fechei os olhos por um segundo e as palavras pareciam começar a fazer sentido, não por eu ter vivenciado aquilo e sim porque sentia os sentimentos que elas traziam.

Nado moreuge why niga jakku geuriwo bye

Mordi o meu lábio ouvindo-a cantar e voltei a abrir os olhos, quando me vi tinha andado para frente e nem mesmo percebido, estava mais próximo dela do que antes, já que ela havia se afastado.

Ni jeonhwabeonho jiwo (jiwo) moreuge
Urin andwae No No

A música teve o seu fim, mas parecia que havia sido extremamente rápida, ouvia os aplausos e gritinhos, sorri e retirei a minha touca, deixando os meus cabelos verdes livres, passei a mão pelos mesmos e agradeci ao público, antes que Jae pensasse em sair do palco fui para perto dela e peguei a sua mão.
Obrigado a todos. —Esperei eles pararem de aplaudir. —Fico feliz em anunciar a minha nova companheira, Hyun Jae Kim, tenho certeza que nada vai conseguir nos parar depois desta noite. Era só isso, boa noite a todos.
Uma onda de pessoas veio em direção ao palco perguntando sobre as empresas de meus pais e a herança, dei de ombros e puxei Jae para fora do palco voltando para a área vip, mesmo que muitas pessoas nos olhassem ninguém teria coragem de perguntar nada, sorri para ela e antes que pudesse falar alguma coisa senti alguém colocando a mão em meu ombro.
Senhor, a presidente pede a sua presença imediata em seus aposentos. —Disse uma voz que eu reconheceria de longe, apenas assenti e vi os macacos da minha mãe praticamente me puxando, retirei as mãos deles de mim e peguei um cartão da minha jaqueta tinha o meu número lá, não que eu tivesse muitos ou desse muitos desses, era até escrito a mão.
Me liga se topar ser minha dupla. —Pisquei para ela e acenei para as amigas dela, olhando para os seguranças e indo com eles para fora do bar, foi mais divertido do que eu tinha imaginado que seria.


_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Kim Hyun Jae em 27th Dezembro 2015, 11:25 pm

A música chegou ao seu fim e depois daquela noite não o encontraria nunca mais, ao menos era assim que pensava, porém, ao ouvir os aplausos e antes mesmo que pudesse ir embora, sentiu Hyuk segurar sua mão e a puxar, ele tinha essa leve mania e achava que podia arrastá-la para onde quisesse sem o consentimento dela. Olhou para frente e um alivio imenso passou por seu corpo, a sensação de ouvir os aplausos era algo totalmente indescritível, um sentimento bom que não conseguiria sentir em outro lugar, somente sob o palco e diante do público. Mais uma vez soube que o seu lugar era onde estava, aos poucos podia perceber o medo se dissipar, mas uma luta ainda seria travada consigo mesma.
Quando menos esperava viu o rapaz se achar diante de todos, revirou os olhos e quando estava prestes a soltar sua mão da dele, ouviu suas palavras e paralisou. Virou o rosto para ele e arregalou os olhos, ouvindo os gritinhos ao fundo e muitas pessoas questionando aquela declaração, uma declaração que parecia uma confissão de um namorado apresentando sua namorada ao público. – Jinjja? – O questionou, mas foi algo totalmente em vão, já que ele a ignorava. Enquanto saiam do palco, puxou sua mão para se livrar dele e colocou as mãos na cintura, piscou várias vezes e tentou digerir aquela informação toda. O quão infantil ele poderia ser? Como anunciar algo falso? Com toda certeza a notícia estaria estampada em todas as revistas. – Você é louco? Como? Argh. – Não conseguia nem pronunciar uma frase completa de tanta raiva que estava sentindo.
As mãos tremiam e coçavam para dar um tapa nele e não passaria vontade assim, viu ao fundo homens grandes se aproximarem e antes que pudessem atrapalhar o seu plano, fechou a mão direita e acertou um soco no braço dele, bufando alto e o encarando. Mas, infelizmente o plano foi interrompido quando dois homens o avisaram de algo e o puxavam dali, pegou apenas o cartão que ele havia entregue e rolou os olhos quando viu um garrancho horrível com o nome e telefone dele. – Eu te odeio, Hyuk Dae. Eu te odeio de todo o meu coração e nunca aceitaria cantar com você. – Gritou aquilo em meio à multidão, não se importando com os olhares. Girou os calcanhares e desceu a escada, passando feito um raio por suas amigas que corriam atrás, questionando o que havia acontecido. Amassou o cartão e colocou no bolso do vestido, indo embora dali para evitar mais fofoca. 

_________________

Independentes
avatar
Mensagens :
36

Idade :
22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Gung Hyuk Dae em 27th Dezembro 2015, 11:30 pm

Postagens encerradas

_________________

Mad sounds in your ears make you feel alright. They’ll bring you back to life. Mad sounds in your ears
Independentes
avatar
Mensagens :
47

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP fechada] Lit nights

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum