1 15 seele

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 11th Junho 2016, 1:21 pm



1 15 SEELE
Uma tarde amena, já que a noite está chegando. Passa-se a frente de uma estação de trem. Alguns flocos intrusos parecem cair do céu e o horário é bastante propício para livrar-se do stress. 

Atravessando a rua, segue-se uma praça ornada pelo verde e na avenida, lojas, bares juntamente com o restaurante pesado no comércio.

ILL JOO HYUK & NIELS SEONG
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 11th Junho 2016, 1:24 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
Após mandar o carro para arrumar, Near precisou recorrer ao transporte público. O que era algo excelente com o suporte que Seoul tinha. Sua câmera estava oculto pelo casaco obviamente preto. Parecia viver sempre em um clima de luto. Não era estilo e nem nada para falar a verdade, o velho gosto. 

Andar de trem era bastante relaxante. Via rostos tão diferentes, por nada em nota parecia ser conclusivo para querer algo. O céu que o recepcionava na saída com uma pasta em mãos, era de um azul triste, porém belo com os pequenos focos do gelo que caiam lentamente contra a calçada. O pulmão comprimia o máximo de ar que poderia e a seus olhos, uma beleza surreal se revelava. A mão trêmula pela temperatura média - ele sempre foi um pouco friorento. - erguia a câmera na altura do peito para retirar uma fotografia. Sua postura sempre ereta e ao meio do caminho, poderia atrapalhar os demais que passassem com pressa :

- Nunca havia vindo aqui. Agora precisamos achar um lugar para ficar. - Sussurrou averiguando a localidade.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 12th Junho 2016, 8:51 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
A tarde não poderia me parecer mais prazerosa. Alguns podem até mesmo preferir o clima mais quente e sol forte, mas ah... Aquela tarde fria e céu nublado. Para mim era a melhor possível. O meu dia claro que não pode deixar de ser agradável, com comida, música, um pouco de diversão e tudo mais. Publicações em redes como instagram e snapchat eram inevitáveis. Depois de todo o dia passeando, já estava na hora de voltar para o meu pequeno apartamento em Seoul, diferente da minha vida pré-cadeia, agora conseguia usar o meu apartamento para mim, não para traficantes filhos da puta. - Isso é tão bom... - Sussurrei contente, tomando um pouco do sorvete de chiclete. Estava saindo da estação quando me esbarrei em alguém bem maior do que eu. E então um resmungo manhoso pode ser ouvido. Não era das pessoas que ficava estressado com facilidade, ainda mais depois de um dia como aqueles. Minha bunda latejava minimamente devido a queda e ainda bem que meu sorvete rosa não tinha se derramado. Seria um desperdício.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 12th Junho 2016, 10:05 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//

Seu dedo tamborilava o suporte da mala ainda que com a mão livre, observava a imagem na câmera. Sua visão era bastante atenta se assim não sentisse uma batida contra o braço, que fizera despertar pelos devaneios.

O rosto se virou e pós o nublado monótomo desaparecer, observou um rapaz. Um menino que parecia ser muitos anos mais novo que ele. Contudo a sua mente, não impunha como um menor. - era um lado ruim de Niels, tirar suas conclusões precipitadas.- A sombra da culpa o incinerava instantaneamente, fazendo que o corpo se virasse aproximando-se do outro :

- Mas que droga, Niels. - Murmurou para si próprio de forma temperamental. Um costume quando estava sozinho. O tronco vergava sob o corpo do que estava sob o chão com uma das mãos estendidas a frente :

- Me perdoe. - Pediu com um tom consternado. De sua boca, vazava acima de tudo, algo já defensivo. Uma maneira muitas vezes adotada a suas quase presepadas :

- Sou muito distraído. Está bem? - Perguntou ajoelhando ao chão, averiguando-o :

- Se quebrou algo, posso pagar uma consulta no consultório que costumo ir.- Encaixou receando ao falar usando um timbre coloquialmente amigável, atento ao movimento constante vindo por detrás de suas costas.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 13th Junho 2016, 3:59 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Estava prestes a me levantar, mas o corpo do outro já estava quase que sobre o meu, o que me fez recuar e piscar um tanto quanto corado devido a aproximação e o rosto dele era mais do que escultural. Um "mas o quê?!" surgiu em minha mente. Eu já tinha feito coisas piores com muitos caras, mas o que ele tinha feito para me deixar parecendo uma garota virgem que se toca todas as noites pensando no oppa que preenche todos os seus quesitos mínimos de tipo ideal?

Balancei a cabeça de forma negativa para afastar o tal pensamento que rondava minha mente e então o vi estender a mão logo após praguejar alguma coisa. Sorri minimamente e levei minha mão a dele, ele era bem educado, segurando-a com firmeza, porém com delicadeza, aproveitando para sentir as mãos macias do outro. - Acontece.. - Sussurrei unindo os lábios bem breve e apertei um pouco o copo com milk shake que já estava pela metade, notando a diferença de calor entre ambas mãos, uma segurando a sobremesa e outra a mão que tinha um toque agradável, enquanto ainda permanecia da mesma forma, caído no chão. - Eu poderia ter sido mais atento também... Hyung. - Disse sentindo as bochechas chamuscarem por ter os olhos dele me rondando em uma espécie de revisão. - Vaso ruim não quebra. - Ri baixo, aceitando finalmente a ajuda e me levantando, levando o canudo até a boca e bebendo um pouco do líquido cremoso rosa, mas a perna fraquejou devido a uma leve dor no tornozelo. - Porra. - Murmurei, deixando um gemido de desagrado escapar os lábios, buscando ajuda no que estava mais perto do meu alcance, os ombros do vestido de preto. Ele era alto, mas nossa diferença não era tal para que não o alcançasse. 
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 13th Junho 2016, 5:45 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//

” Hyung? Então estava certo.” - Mesmo que não houvesse um auxílio maior por parte do estilista a erguer o menor, suas mão tremulavam receosas. A verdade isso corria a muitas questões : Era um forasteiro naquela região consequentemente se perderia, se realmente tivesse feito algo grandiosamente ruim, jamais esqueceria e se largasse agora o descoberto mais novo, ficaria se culpando como um velho caquético. Fora economia. Mas para quem vivia de uma renda parte hereditária e outra de fotografias, se importaria com o quê?

Só foi respirar mais aliviado ao ver que o outro estava de pé. A mão respectivamente apertava o arremata da mala, até assustar-se com um toque em um dos ombros. O nariz virou conforme a direção indicava, analisando a expressão facial seguintemente desviando a um dos pés. 

O barulho de sapatos ecoou de uma forma rude, informando mais aproximações. A mão livre procurou puxar o garoto para perto dos bancos laterais, onde vergou-se pedindo para que se sentasse :

- E-Está doendo muito? Eu não sei o caminho mais próximo de um hospital. - Disse olhando em particular a região afetada. Ao subir a íris encarou a face do menor com as bolsas dos olhos irritadas, respirando profundamente como quem evitasse demonstrar alguma denúncia :

- Aquela rua. - Apontou com o indicador mais atrás do menino. - Se formos ali podemos encontrar alguma coisa. - Comentou ajeitando o casaco erguendo-se com forças :

- Se não conseguir andar, passe o braço sob o meu ombro. Você… É bem magro!- Deu ênfase a última palavra  com o  timbre calmo não impondo problemas.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 13th Junho 2016, 6:52 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
E mais uma vez tinha aquela sensação de ser uma garotinha virgem e fantasiosa. Estava senso salvo pelo meu príncipe pela segunda vez, em menos de cinco minutos. Só faltava a espada, a armadura reluzente e o cavalo para que ele me levasse para o nosso palácio. Tsc. Até parece.

O rapaz me aproximara até um dos bancos próximos a saída da estação. Que encanto, por que ele não me carregava no colo enquanto eu passava os braços pelo pescoço dele e pombos brancos nos cercavam. - Parece-me apenas um desconforto. - Já me perguntava se estava estampado na minha cara que era um prostituto e ele era um homem interessado em me usar em sexualmente. Nunca tinha visto qualquer pessoa tratar outra assim, ainda mais quando ambos eram desconhecidos e um tinha se esbarrado no outro. Geralmente, isso despertava mais grosseria entre os dois. Se esse fosse o caso, por que ele não soltava logo aquelas cantadas ridículas, chegava próximo ao meu ouvido falando indecências enquanto sua mão passearia pela minha coxa ou nádega e eu fingiria um gemido e grande interesse em ir para cama com e de repente, na manhã seguinte, apesar de estarmos na mesma cama, seríamos completos estranhos um para o outro. Mas não me sentia muito agradável em ser grosso com ele logo de cara, ele ainda não tinha se mostrado um grande idiota. - Eu acho que não tem hospital por essas redondezas... - Comentei dando de ombros, fitando as obres dele, eram de fatos diferentes e encantadoras, tão convidativas e ao mesmo tempo frias como os seus lábios finos.

Permiti-me sorrir ao ter reparado aquele tipo de coisa, tempo se faz que minha mente não tinha acessado esse tipo de sentimento e informação. Segui o indicador dele e sorri mais uma vez. - Claro. Por que não, Indiana Jones da Coreia? -  Falei meio debochado e rindo baixo, passando o braço pelo ombro dele. - Magro? Não me diga que é um fodendo bruxo malvado que vai me engordar para me comer... - Revirei os olhos. - Caso o faça. Coma-me direito. - O linguajar e o que deixaria a entender para as pessoas nunca foi de minha maior preocupação. Não sei porquê, mas estava começando a gosta de estar com aquele rapaz.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 13th Junho 2016, 8:06 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//

Assim que fosse possível sentir o braço dele, sua mão se firmou contra o tronco do outro olhando por cima das calçadas engolindo um suor frio que escorriam imaginariamente a um lado da face andando a passos lentos. Ao escutá-lo, ficou vermelho com a face voltada ao chão, meneando fracamente de um lado para o outro indo de prontidão a travessa da rua :

- Comer soa tão ofensivo olhando você. - Diz erguendo os glóbulos encarando a faixada das lojas. - Ainda mais para alguém que está acostumado a ficar paralelo a essas situações. - Riu com carisma alongando um cantarolar distante ensejando que já não fosse mal interpretado :

- Tem razão. Essa rua é comercial. Bem que me indicaram, que daqui só arrancaria fotos. - Explicou ainda que a mão despojada com a mala, fosse abaixo da íris percebendo que a entrada da noite viesse. Com isso, a corrente fria se fizesse presente :

- Me perdoaria se ao invés de algo como uma atadura, lhe pagasse um jantar ou uma bebida? Isso se tiver idade, é claro. - Parou voltando-se com os olhos contra os dele. - Não sei onde estava com a cabeça de fotografar logo na transição de pico. - Mordeu o lábio rosado em represália. - A propósito, me chamo Niels. Niels Seong. Deveria ter dito lá atrás.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 13th Junho 2016, 9:03 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Sob todas aquelas camadas de roupa, poderia jurar que ele era tão franzino quanto eu, mas ao sentir de perto o seu "abraço" que me sustentava, pude afirmar que estava mais do que enganado. Podia sentir os seus músculos firme contra minhas costas. Meu riso não poderia ser mais indiscreto ao notar sua comoção em relação a minha frase anterior. - O que foi? Não gostaria de terminar com a tortura e desfrutar da minha carne enquanto suplico? - Ergui uma das sobrancelhas usando um tom sugestivo. Adorava brincar com coisas ambíguas. Ele, ao contrário do início não parecia que iria permanecer inerte e acanhado as minhas falas. - Por quê? Desperto outros tipos de interesse em você? - Sorri de canto, embora fosse uma brincadeira, aquela pergunta permaneceu martelando em sua mente. O rapaz que o ajudava começava a me deixar confuso e despertar novos sentimentos em meu peito. O que diabos ele era afinal? Meu cenho não demorou a franzir. - O que diabos quer dizer com isso? - Perguntei apertando o ombro dele de leve, não estava irritado, mas ele me despertava um curiosidade imensa. Era até como se eu quisesse saber e me importasse com a imagem que projetava para o outro. Ok! Eu estava começando a ficar assustado comigo mesmo.

Indicado para fotografias? Ele era modelo ou algo do tipo? Até que fazia sentido, ele atendia bem aos padrões. - Fotógrafo ou modelo? - Perguntei ao acaso, notando a movimentação na rua. Revirei os olhos ao notar que ele voltava as desculpas. - Parece-me ótima a ideia. - Respondi sem citar a idade. Não era de maior, mas não ligava. - E olha, já disse que não foi culpa sua.... - Suspirei. - O meu é Ill Joo Hyuk, Niels. - Sorri de forma agradável, tentando decifrar o que seus olhos tentavam dizer ou caçavam no meio da noite movimentada.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 13th Junho 2016, 10:56 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//

A frase que o outro disse, deixou com que o fotógrafo mordesse a própria língua boiando na questão. Pensava nos motivo de ainda ter o outro lado da cama vago, algo que desnivelava o seu olhar. Os passos os levavam a frente de um bar. Não tinha uma arquitetura vulgar. Era, misterioso talvez. Calado, o homem seguiu um pequeno curso até a fachada olhando para o lado :

- Não sei qual seria o meu problema.- Sua risada era subitamente dispersa ao olhar o outro. - Vivo muito sozinho para pensar em um momento como vocês mais jovens. - Abordou em resposta sem deixar evidente sua casa dos 30. A próxima frase emitida pelo machucado, lhe pareceu como uma adaga. 

Que o perfurou. Forte, de uma forma que o indiciava ser realmente o indeciso que abominava :

- Desejo é um ponto fraco. Torturador também.- Responde fazendo uma breve apologia a sua vida acinzentada. Enxergou aquilo tão sério que parecia uma questão árdua de melhorar quando ficasse só. Niels finalmente via um motivo para sorrir minimamente com orgulho e respeito :

- Fotógrafo. As vezes preciso disso para um desfile que soube que teria em Seoul. S-Ser um estilista por aqui, é como estar sob pressão constante.- Assim que pausava, sentiu a ponta das orelhas esquentarem com o nome do outro, repetindo uma ou duas vezes afim de memorizar :

- Guardarei. - Concluía fazendo um sinal para um atendente sinalizando o balcão do fundo com a íris atenta ao carpete. Parecia sentir olhares internos. Algo adaptável a partir de momentos depois. Seguidamente, vergava o corpo o posicionando sob uma das cadeiras. A mala deixada ao chão, ficava ao pé do ruivo que fez o mais velho querer tocar, porém hesitante apenas culminou calor ao ter a precisão do palmo quase próximo :

- Joohyuk, espero não se incomodar com a minha mala. Caso algum apressadinho passe aqui, não afetará com o seu calcanhar.- Este se vira para se sentar ao lado, jogando com a mão aberta, o casaco. - Uma vodka. O que gostaria de beber, senhor Ill?
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 14th Junho 2016, 2:54 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
O mais velho tinha ficado, completamente, quieto mais uma vez. Era estranho, ele era um pouco estranho na verdade. Uma hora ele se mostrava ativo, conversativo e de fácil entendimento e acesso à sua mente complexa, outrora era calado, gélido e distante, por mais próximo que estivesse. Essa sensação era um tanto quanto desconcertante. Ele segui assim até achar um estabelecimento, um bar, que lhe pareceu apropriado, voltando apenas a falar quando aparentou estar um pouco mais seguro de si.

Sozinho? Ele se sentia assim? Bem, eu sentia isso, praticamente, desde o dia em que tinha nascido. Fui sequestrado, abandonado por mais pais biológicos, usado pelo casal que tinha me sequestrado, tinha sido estuprado por mafiosos, usado por eles, e tinha sido preso por culpa deles também. Essa sensação de vazio só diminuiu um pouco após sair da casa, no mesmo período que meu colega que me inseriu no ramo artístico, embora ainda não me permita dizer que sou um artista.

- Fotógrafo e estilista? Sua vida parece bem mais corrida do que um cara com que me esbarrei na estação enquanto ele tirava uma bela selca. - Ri baixo e pisquei para o mesmo, ele não parecia ser tão diferente de mim sobre como se sentia em relação as coisas e, principalmente, pessoas. Mas de uma forma ele me aquecia. E não era só pelo fato de ter o braço dele me rodeando. - É bom que guarde. Odeio quando erram meu nome. - Brinquei mais uma vez, sentando-me com a ajuda do mais velho, sorrindo de forma suave. Em menos de uma hora eu já tinha perdido a conta de quantas vezes tinha sorrido. O que aquele maldito fotógrafo tinha? Observei ele se abaixar mais um pouco e mantive o sorriso ao perceber que ele fitava o meu tornozelo e sua fala tinha sido mais um motivo para mantar o sorriso. Niels era, no mínimo, atencioso por demais. - Obrigado, oh meu cavalheiro. - Tornei a agir de forma brincalhona, bagunçando os fios dele como se ele fosse o mais novo, o que era visível que não, pois apesar de seus traços juvenis, o meus remetiam mais ao de um adolescente. Não que eu me gabe disso. - Ah... Não precisa se sentir sozinho quando estiver ao meu lado... - Sussurrei sem qualquer malícia, mas antes de prosseguir, olhei ao redor, afinal ele tinha uma nome a zelar. Eu? Nem tanto. Como todos estava distraídos, de forma lenta, mas discreta, roubei-lhe um breve selar. - Estamos combinados? E um simples suju me satisfaz. - Acenei para o outro.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 14th Junho 2016, 4:32 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
 
Silêncio era uma resposta perfeita para muitas situações. Ou pelo menos, queria estar habituado a agir desta forma dentro do seu mundinho. Pensou no que dizer, até sentir um cheiro forte a lhe cortar e um toque bem leve, vir contra os seus lábios. Sua face avermelhou e a mão apenas foi contra a nuca, fitando o chão até erguer a íris contra o outro :”Você. Você vai me pagar.” - Pensou mesmo tendo involuntariamente o dedo indicador pressionando os beiços, mantendo-se de lado ao balcão com a cabeça baixa intimamente olhando o outro até notar não estar mais na presença do servente. Prestes a avistar ele trazendo os pedidos, sua boca lentamente se abriu :- Só até o fim dessa noite?!- Emitiu num tom mediano deixando os pesados ponteiros de seu relógio evidentes, tomando a bebida contra a mão, trazendo para abaixo do peito. De certo, ele perguntara aquilo quase que esperando ficar sem resposta. Poderia ser uma frase irônica do menor a espera de algo que rebatesse a altura. Está certo?

- Não posso dizer com muita certeza, Joohyuk. Sou pouco conhecido. Aliás titular-me como um estilista seria precipitado da minha parte. - Comentou ainda tendo a bebida suportada pelas mãos. A face iria para frente, fitando um extenso espelho que os contemplava pouco acima de seus olhos na bancada dos funcionários :- Apenas sei o seu nome. Diga-me sobre você também.- Tomou um gole relaxando os ombros. -... Lá atrás, quando acabei o fazendo cair, estava passeando? Notei que talvez não ocuparia seu tempo vindo aqui. - O reflexo de Near encarava de forma intensa ao do rapaz sem deixar de mirá-lo. Logo, a mesma mania de tamborilar os dedos eram presentes.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 14th Junho 2016, 5:39 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Ele estava tímido? Com vergonha, raiva ou o quê? Seu semblante era, simplesmente, indecifrável, o que me dava vontade de repetir a ação até que ele reagisse. Por um tempo se manteve assim, mais uma vez. Niels era uma incógnita elevada a outra incógnita dentro da raiz cúbica multiplicada por pi. Queria poder entrar naquela mente e escutar os pensamentos. Seu dedo pressionava seu lábio, mas seu olhar me passa algo totalmente diferente. Como um quebra-cabeça de mil peças, a última peça estava perdida em meio aquele momento.

- Apenas? - Ergui uma das sobrancelhas, arqueando os lábios para uma expressão brincalhona. - Esperava conseguir te entreter por mais tempo.. - Fingi um descontentamento interno, mordendo meu lábio inferior logo em seguida, sorvendo a dose de suju. Fazia tempo desde que não consumia este tipo de bebida. Não que fosse chegado ao álcool, mas o suju era irresistível, por assim se dizer.

- Não é conhecido? Não se porta como se não fosse. - Fitei-o novamente dos pés a cabeça sem qualquer descrição. Não é como se eu fosse o comer com os olhos ou estivesse tentando o constranger, apenas fazia um nova leitura do outro. Ergui minhas sobrancelhas enquanto tomava minha terceira dose. "Falar de mim?". Pigarreei, esperando que o outro terminasse de falar. Primeiro responderia a segunda pergunta. Apoiei o cotovelo sobre a mesa e dobrei o braço, fazendo a mão de suporte para a minha cabeça que estava inclinada para a direção dele. - Além do poder de observação... O que mais tem de impressionante? - Sorri de canto, apenas para poder observar a expressão desconcertada dele mais uma vez. - Eu estava a passeio... - As bochechas já coravam por causa da quinta dose de suju. - ... Mas bem. Eu tenho dezenove anos. Sou ex-detento, ex-prostituto, sou meio que vigiado por uma máfia pequena, bem coça rabo dos outros.... - Pausei para mais uma dose. - Ah! Como poderia esquecer?! Fui sequestrado ainda bebê. Fui usado pelos sequestradores para limpar a casa e servir de lucro, através da prostituição.  E... - Sorri, fechando os olhos rapidamente. A informação que veio em seguida me fez fez unir os lábios para segurar o suspiro. Fingindo balançar a cabeça para me livrar do atordoamento da bebida, mandei para longe a real identidade dos meus pais biológicos. - E só! - Curvo-me perante o outro como se tivesse acabado de fazer a apresentação de alguma peça. Bem, o que dizer? Bebidas nunca foram o meu forte.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 14th Junho 2016, 6:20 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
 
- O que um homem de 31 vai conseguir retribuir o entretenimento por um longo tempo?! - Sussurrava num timbre de deboche mesmo que fosse contra si mesmo tomando um gole da bebida que o aquecia :

- Preciso me moldar antes que alcance, o que quero. Enfim. - As frases seguintes o fez mostrar um sorriso condescendente :

- O que mais quiser?! - Pousou o copo virando a face encarando os dois olhos cor avelã. Ele iniciava a sua história. Logo ai começo, a face já afetada por reações alcoólicas faziam ambas as sobrancelhas arquearem. A mão que estava segurando o copo, apertou-se como se quisesse quebrar o material dobrando o cotovelo livre para tapar a boca :

- …Vigiado? Dívidas? - Inquiriu.- Joohyuk. Se for arriscado ficar aqui, podemos ir embora. - Deixou a última dosagem restante do copo, sobrar para o gelo. A ponta das orelhas persistiram em queimar. Os glóbulos pousaram as coxas dele rapidamente fitando novamente o espelho.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 14th Junho 2016, 7:31 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
- Por que não descobrimos? - Sorri sem a menor vergonha, não me importava com a questão da idade dele, pouca diferença estabeleceria aquilo. - E o que quer? - Bebi mais dois copos. Era incrível não estar tonto ainda, embora sentisse alguns leves baculejos por conta da bebida. Meu corpo já não respondia mais por mim e a destra se ousava a tocar a bochecha do mais velho com as costas, escorrendo até o queixo e, finalmente, caindo sobre o braço da cadeira. - Eis belo... -  Disse de forma aleatória, até o escutar. - Eu quero muitas coisas no fim de tudo... - Suspirei manhoso, fazendo um bico que cobriu o lábio superior e o fitei direto nas íris que era hipnotizadoras. Sempre gostei de olhos escuros, sempre foram encantadores através de seus mistérios escondidos na escuridão sem fim.

O confirmei com a cabeça, fazendo um biquinho triste de novo, mostrando um comportamento nada típico meu. Aproximei minha cabeça do ombro dele e lá a repousei. - Para onde nós vamos agora? Vai me carregar? - A voz soava melosa de uma forma bastante irritante. Meu indicador e médio subiram pelo pulso dele e foi caminhando até um pouco acima do peito dele, abrindo o palmo lá e fazendo uma leve carícia. - Carrega-me, oppa? - Ri travesso, abraçando o corpo ao lado logo em seguida.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 14th Junho 2016, 9:01 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
 
As mãos cerradas, tremularam ao escutar uma voz cruzar sob as estruturas. Um timbre modificado, junto a um toque molenga. Seu peito ficou rígido apenas assistindo as ações do menor. 

Notou que até mesmo aquele olhar forte mudou assim erguendo uma das mãos dele apertando com força desviando o olhar a bancada. Retirou a carteira, deixando a quantia dobrada como um meio de fazer ninguém se alarmar. Após um contato elétrico ao atendente, Niels se levantou capturando a mala em um leve ajeitar na gola do casaco. Tossiu uma ou duas vezes permanecendo-se na mesma neutralidade, incrédulo ao que diria :

- Amor. - Deslizava em sílabas pausadas e frias. Não causaria um escândalo.- Já está cansado? Vamos para casa. - Completou fantasiosamente tendo vista dos demais clientes tomando o corpo magro próximo ao tronco dirigindo-se para fora do estabelecimento. Mesmo que em comparação não houvesse diferenças radicais a suas alturas, o teuto retirou o casaco vestindo o garoto que sorria assim abraçando o ombro para que andassem. Nunca pensou que Seoul tivesse uma vista tão linda. As luzes coloriam as ruas e face pálida do ruivo, fazendo com que o adulto corasse ao se submeter a admirá-lo tão rápido. Na Ásia, era comum ver uma mercearia 24h e foi passando por uma, em que deu de fronte na travessa, com um hotel.

Nie não tardou em prosseguir, já encostando o menino contra o peito escondendo aquela faceta tão denunciadora. [...]

Passou minutos. Pesados e angustiadores para acertar um quarto. Um que ficasse mais as alturas e que ainda desse visão a cidade, que tanto desejou.

Ao subirem, ele repousa o corpo do garoto retirando a veste pesada por um desleixa, passando o dedo indicador em declive a uma marca. Levou em lógica uma suposta cicatriz, arregalando os olhos atordoado fitando o rosto dele contra a fraca luz do abajur sentando-se de costas encarando uma das janelas. 

Joelhos sustentavam seus cotovelos e seus globos oculares, bolsas escuras. Estava sério e dizia tão grosso que não se importava se alguém fora dali, bisbilhotasse :

- Por que deixou que fizessem,  isso com você?
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 15th Junho 2016, 6:32 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Gemi manhoso por conta da força que ele tinha aplicado na minha mão. Aparentemente, a embriaguez deixava meu corpo mais sensível também. - Amor? - As bochechas rosada devido ao álcool não se alteraram, mas uma risada mínima escapou dos meus lábios. Afirmei com a cabeça, cerrando os olhos com um sorriso tímido, abraçando a cintura do outro. Era pra encenar, certo? - Vamos, querido... - A voz manhosa se mostrara presente novamente, levantando-me junto a ele, abracei-lhe novamente, sentindo logo mais um peso sobre o meu corpo. Um peso quente e confortável. Niels tinha me dado o casaco dele. - Obrigado, amor.... - Agora não poderia dar descanso para aquilo, adoraria provocar o mais velho. - Amor... ainda não me deu um beijinho hoje... - Gargalhou de forma histérica, fitando os olhos do estilista com afeição, acariciando o rosto dele novamente com a mão di vraço que passava por cima do ombro alheio.

Cantarolava uma música animado durante o resto do percurso. Puta que pariu, nunca mais beberia na minha vida, só se o hyung estivesse comigo mais uma vez. Ele era legal, de certo modo. Eu acho. Não sei, meus pensamentos estavam começando a ficar confusos. Atravessei a rua com ele e tive que fechar mais um pouco os olhos para poder enxergar para onde estava sendo levado. Um hotel, - Pensei que iríamos para casa... - Indaguei, apenas sendo me deixado levar, era a única opção que tinha, e bem, ele cuidaria de mim, correto? Repentinamente, senti um perfume estranho e minha face se encostar contra o o tecido que cobria o peito quente que subia e descia, desta vez minhas bochechas ficaram ainda mais rosadas. - Ni-Niels? - Sussurrei com um breve gaguejo inicial.

- Eu estou no céu? - Um sorriso se estampara em minha face. Era a primeira vez que experimentava uma tão confortável. Geralmente, não passava de um chão frio com cobertas, colchões sem espuma e camas quebradas. Era apenas isso. Sua voz cortara o meu pensamento, embora lento, meu cérebro ainda processava e meu semblante deixou qualquer traço de expressão, encarava o vazio. - A única ferramenta que tinha para ganhar dinheiro era o meu corpo. Tinha de fazer o que queriam. - Lágrimas escorreram pelos cantos dos olhos, embora meu coração batesse sem qualquer anormalidade na sua frequência. Enxuguei as lágrimas antes que este visse e afastei as cenas em que era violentado pelos traficantes. Rastejei sobre a cama até alcançar as cinturas dele e as envolver com os braços, escorando meu corpo sobre a lateral do corpo dele. - Deite-se, descanse um pouco... - Falei o soltando logo em seguida enquanto voltava para o meu lugar.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 15th Junho 2016, 7:21 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
Mesmo que escutasse algo em seus ouvidos, sua mente o distanciava. O dedo polegar expremia os lábios no intuito de deixar com que nenhuma palavra lhe escapasse. Sua mente parecia sussurrar com raiva. Aliás, aquilo era o seu subconsciente vindo a tona. Logo também surgia o medo repentino em o menor ouvir tudo que pensava.

A face se virou lentamente por cima dos ombros, fitando o que se aproximava entre a lateral :

- Como chegaram a isso?! Bem. Isso provavelmente, não deve ser da minha conta. - Disse fracamente desviando o olhar ao quarto pouco iluminado, apenas sentindo o calor físico do garoto e da lâmpada :

- Vai chover. - Fitava a janela até dobrar uma das pernas sob a cama, descalçando os sapatos. As mãos foram próximas ao travesseiro que ficava ao lado do ruivo assim vergando-se ficando de lado. Em garantia, ficou um espaço considerável os separando. Os finos beiços cerrados, transmitiam para os olhos o que queria dizer. Bebeu, então estaria mais calmo que o normal. O barulho ainda baixo por trás do vidro da janela, o fazia se mergulhar numa poça de dúvidas. De um pedido de desculpas para um quarto de hotel. Você é um gênio Niels, quando se trata em encontrar provocações :

- Joohyuk.- Elevava um tom desperto forçando alguma atenção ensejando saída das quatro paredes cor cinza. - Você costuma manter um contato duradouro com as pessoas?
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 15th Junho 2016, 7:50 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Ele queria saber como aquilo tinha acontecido? De verdade? Ele era a primeira pessoa que me perguntava isso. Por que ele era assim? Não era como os outros que apenas marcavam mais uma e iam embora na mesma hora. - Bem... - Uni os lábios bem rápido antes de os umidificar com a língua. - ... Teve uma noite em que eu estava fazendo o que fazia em todas as outras. Mas tinha uns caras na rua, eu não tinha notado. Eles me abusaram e tomaram meu apartamento para traficarem. Em troca eles me deixavam vivo e me estupravam quando bem quisessem. - Desabafei de uma vez só. Eu não gostava muito de ficar lembrando dessa parte da história, sentia-me mais sujo ainda, embora não me importasse que os outros soubessem, era mais como uma coisa pessoal. Um descontento comigo mesmo. Talvez eu, realmente, devesse ter morrido. Naquele momento meu olhar desviou das costas dele para a janela, tentando observar as nuvens no céu escuro, mas foi falha a tentativa.

Notei que o mesmo já se aprontara para deitar também, sorri pequeno, deveria me permitir realizar este ato mais vezes, certo? Ao ouvir meu nome, toda a minha atenção se transferiram para as íris dele. Abri a boca, mas logo fechei, ele não tinha terminado de falar. - Meu "relacionamento" mais duradouro foi com um presidiário. O que posso dizer? Não havia lugar para me esconder... - Naque instante meu olhar se desviou... Eu estava com vergonha? Jamais tinha a tido. - Então não sei bem como isto funciona. Nunca o tive. Não um verdadeiro, não um que envolvesse afeto. - Dei de ombros, já estava acostumado com aquela realidade.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 15th Junho 2016, 8:17 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
A pupila dilatou. Suas mãos fecharam formando uma espécime de soco, mas logo desfez. Ficou calado, acariciando com a ponta do indicador pelo lençol em um movimento circulatório. Orelhas e bochechas detiveram-se em um rosa-claro. Evitou adiante, um contato visual direto :

- Se eu deixar pela manhã, um cartão com o meu número, o guardaria sem ter pretensões de ligar?- Questionou analisando a última frase esboçada. Ex-Detento? Droga. - Sua mente escoava enquanto virava o corpo para olhar o teto também por vezes, encarando a chuva. As mãos se dispersaram pela lateral :

- Caso pergunte, são para as vezes que… Queira outro empurrão como de hoje.- Riu minimamente fazendo apologia a um reencontro. 
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 15th Junho 2016, 8:40 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Não podia negar que estava um tanto nervoso. Esperava que ele apenas se levantasse e fosse embora. Quem gostaria de ficar perto de alguém com o meu histórico, certo? Mas não. Ele continuou ali, eu estava, definitivamente, surpreso com a ação. Jamais esperaria isso, de qualquer pessoa que fosse. - Por que não fazemos melhor? - Ri baixo, buscando o celular no bolso dele, mas não o achei. - Anota o seu aí... Não achei o seu aparelho. - Falei pegando o celular na parte traseira do meu bolso e passei para ele. Não era nenhum celular de última geração, mas o suficiente para atendar minhas necessidades. Não poderia ficar esbanjando dinheiro. E nem tinha esta intenção. - Anota o seu. É claro que eu ligaria. - Sorri mais uma vez, juntando-me mais a ele. - Obrigado. Por tudo. -  Agradeci da forma mais gentil e sincera que poderia. - Nunca cuidaram tão bem de mim... Nem eu mesmo me cuido tão bem. - Ri em escárnio. Minha mão foi até a bochecha do outro e o polegar tratou de alisar a bochecha enquanto me aproximava, fitando os olhos dele fixamente. Meus lábios se colaram na testa dele e depois, gentilmente, selei meus lábios ao dele. Afastei-me devagar, sem muita afobação e peguei o casaco dele, colocando sobre o corpo dele. - Use. Estou acostumado com o frio. - Falei voltando a repousar a cabeça sobre o travesseiro, ainda o fitando.
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 15th Junho 2016, 9:39 pm

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
 
Sua testa franziu instantaneamente enquanto digitava, o escutando ao longo diálogo. ” Mas este celular? Roubavam até o lucro?” - Seus olhos avermelharam. O agradecimento o fez pousar o aparelho como um “pronto” , ainda o encarando intangível. Passou a descer os olhos pelo corpo premendo com as mãos reprimidas. 

A luz baça desapareceu repentinamente. Um perfume entorpecedor o fez piscar duas vezes. Nem mal ouviu a frase e já estendeu o braço deixando com que eles envolvessem o pulso fino, puxando com força contra o próprio corpo :

- Não.- Soava seco ao mesmo tempo em que o encobria, deixando as mãos firmadas contra as costas. Abusivamente, as coisas que escutou deixou com que não quisesse se separar. O jeito dele ora irônico, ora gentil não encaixava no argumento de tudo aquilo que ocorreu. Raiva, atração, cuidado, tudo corria como se fizesse parte do sangue. Ou que estivesse próximo. Olhou a lâmpada eclipsar, respirando para continuar :

- Há espaço para nós dois aqui. - Rapidamente desceu a íris junto com o queixo para olhá-lo.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Ill Joo Hyuk em 16th Junho 2016, 7:41 pm

tears are falling down even when i'm lost
starless night
Ainda não entendia o motivo de me sentir tão atraído pelo outro. Ele era bonito? Era. Mas ele não é o primeiro cara bonito que eu beijo, mas é o primeiro que fez o meu coração mudar a frequência dos batimentos quando os nossos lábios se tocaram. Mas o que diabos era isso? Ele tinha drogado minha bebida? Não, eu estava ao lado dele todo o tempo, nem no meu corpo ou garrafa ele tinha tocado.

Estava já voltando para o meu lugar quando a mão macia dele tocou o meu pulso e me puxou para ele, eu fiquei surpreso e espantado, não poderia negar. Primeiro imaginei dele estar se vingando por ter feito todas aquelas brincadeiras com ele antes, mas sua voz soava como sempre, e era diferente também de quando ele me chamou de amor alguns minutos atrás. Ele não estava brincando. Sua mão caminhou até chegar em minhas cotas e lá permaneceu, não me permitindo um recuo. - Niels... - Sussurrei com o tom de surpresa que não pude esconder. Apenas relaxei e aproveitei o momento, aproximando-me ainda mais dele e deitando a cabeça sobre o peito enquanto alisava o braço dele. - Obrigado. - Agradeci mais uma vez a sorrir por conta da gentileza do outro. 
Independentes
avatar
Mensagens :
39

Idade :
21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Niels Seong em 17th Junho 2016, 12:18 am

 
I I knew I'd find you. NOTE : JOOHYUK//
 
Escutar o sussurro dele o fez firmar com mais força a mão que o tocava assim encolhendo o corpo suscetivamente. As pálpebras se cerrarem. O seu obrigado ecoou com o barulho das gotículas contra o vidro :

” Por que está fazendo isto, Niels?! O que viveu, fica no passado.”

Seus pulmões estavam ficando pesados pelo calor alheio, o que apenas fez o restante do corpo se tranquilizar.

Eram poucas noites que sentia essa sensação. As paredes brancas do seu quarto, o prendia a emoções mortas. Como um hospício.

 A surpresa elevou a tal feito que o fazia criar vontade de passar em claro, apenas tendo a visão do momento afim de memorizá-lo. Contudo, nada aparenta ser o desejado. 

Mergulhava em um profundo sono. Sua cabeça decai fazendo com que o queixo se encostasse as madeixas ruivas pelo menos, tomando a prova de que não era uma ilusão criada de seu temperamento hiperativo.

O celular minutos antes não encontrado, posicionava-se dentro do bolso do grande casaco preto que ficou por cima de uma de suas coxas vibrando por intermináveis segundos até descarregar, perdendo forças para manter-se ligado. Ao que indicava, os outros dias do estilista mudariam radicalmente.

Encerrado.
Estilistas
avatar
Mensagens :
73

Idade :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1 15 seele

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum