❄ — STORM GLASS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dante Sakamoto em 2nd Março 2016, 12:43 am




STORM GLASS
Tarde. Gangnam-gu. Clima frio.

Dante é somente mais um estrangeiro que acaba de chegar na Coreia. E é em uma tarde de inverno qualquer que acaba conhecendo certo alguém que poderia fazê-lo querer ficar no país por mais tempo do que ele poderia imaginar.

storm glass é uma RP FECHADA entre DONG SUK JIN e DANTE SAKAMOTO.
Adultos
avatar
Mensagens :
8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dante Sakamoto em 2nd Março 2016, 1:23 am



Dante encontrava-se maravilhado com a Coreia do Sul.

Ainda em busca de um apartamento onde pudesse morar, os pontos turísticos de Seoul, a capital do país, o deixaram simplesmente encantado. A todo o momento o rapaz de origem estrangeira se pegava admirando as ruas pavimentadas, as casinhas de arquitetura tradicional ou até mesmo os bonitos rostos que lhe sorriam educadamente a todo o momento, sempre que dobrava uma esquina durante o breve passeio pela cidade.

Os olhos de um verde líquido procuravam atentar aos outdoors que enfeitavam boa parte das fachadas dos estabelecimentos, traduzindo a custo o idioma predominante. Queixou-se pela falta de domínio sobre a língua coreana devido o não comprometimento com os estudos meses antes de decidir visitar o país, entretanto aquele não poderia ser considerado um empecilho para interagir com os cidadãos caso precisasse pedir por informações. Dante compreendia melhor do que podia falar e, para sua felicidade, alguns até mesmo arriscavam conversar com o rapaz em inglês, língua na qual ele era mais fluente, assim como o francês, seu idioma materno.

O clima frio também não o intimidava, pelo contrário. Acostumado com a baixa temperatura, agradeceu por deter um guarda roupa adequado para encarar o frio naquela tarde invernal, munido com o inseparável copo de café em uma das mãos, sem rumo pela cidade. Os sons, as cores, os cheiros, as pessoas, tudo era extremamente atrativo para o rapagão que achava aquela cultura muitíssimo diferente da sua.

Sorriu ao passar por um grupo de crianças que o saudaram animadamente, retribuindo o cumprimento da maneira mais educada que conseguiu, embolando-se um pouco nas palavras e recebendo olhares curiosos como resposta. Por algum motivo o jovem francês sentia-se em casa, mesmo não estando acostumado com tamanha cordialidade que a maioria dos coreanos apresentavam.

Lembrou de sua terra natal, Paris, e de como os franceses interagiam uns com os outros, sempre com grande pompa e charme, algo que o irritava bastante. Não que menosprezasse muita educação. Dante apenas gostava da naturalidade de uma conversa casual, sem exageros. E perdido em seus pensamentos acabou tombando com um outro alguém que tomava a direção contrária, quase derramando o café quente. Desastrado, brigou consigo mesmo, erguendo os olhos para se desculpar.

— Ei! Você está bem, brô? Sinto muito, não costumo ser tão sem jeito. — Embora soasse verdadeiro, buscou sorrir apenas para confirmar que o esbarrão não havia sido proposital. Em seguida ergueu a mão para cumprimentar o cara; um hábito europeu após um pedido de desculpas. — Por acaso sabe onde encontro o centro esportivo de Seoul? Na moralzinha. Estou meio desorientado aqui. — Perguntou em um tom amigável, num perceptível sotaque francês, esperando uma resposta enquanto coçava a nuca, sem graça.

_________________


by disappointment only

Adultos
avatar
Mensagens :
8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dong Suk Jin em 2nd Março 2016, 11:09 am




Hello from the other side!!!


Para minha sorte, naquele dia frio, meus jovens estavam presos na agência treinando e recebi um momento de folga, pois todo ser humano merece, principalmente quando você lida com pessoas quase da sua idade ou mais velhas e tem de cuidar delas, não que seja um problema para mim, nada disto, tenho um irmão mais velho louco e psicologo, estranho mas ele e um amor de pessoa e muito competente, não o julgue.


Estava caminhando pensando em visita-lo, havia comprado até rosquinhas para ele, Joon iria gostar, ou iria tacar na minha cara, nunca se sabe, mas ao menos eu veria o meu Hyung. Então sinto um corpo colidir com o meu, não bastava estar com roupas pesadas para aguentar o frio, ainda vejo o saquinho girando no ar, o agarrando com muita sorte, evitando que o conteúdo se estragasse.


Me virei para pessoa, fazendo uma leve reverência de desculpas, era melhor sempre se desculpar, vai que a pessoa tá com um espírito maligno e desconta sua ira dos sete infernos em você? Eu não vou arriscar, então escuto sua voz, levando o rosto, vendo quem era, o rosto dele era familiar.


Ele era estrangeiro, ou morou fora, ele não parecia nada coreano, mas tinha a pinta oriental, falava até que bem coreano, mas podia ver os erros, o fiquei olhando enquanto falava, ele falava com um sotaque estranho, era estrangeiro, cem porcento de certeza, estendi a mão e comecei a falar em inglês, talvez fosse melhor, sorte ter aprendido a falar esta língua, sorri, meu tom era amigável, não queria ver tanto meu irmão, aquele moço parecia mais perdido que treinee em dia de audição.


-Estou bem, não se preocupe man, eu e minhas rosquinhas estamos a salvo...- sorri e mostrei o saquinho soltando a mão dele, fazendo sinal de vitória, ri e continuei falando: -Se precisar que o guie até lá, aconselho apenas que pegue um táxi na próxima, é mais seguro, mesmo estando num lugar seguro pode acabar perdendo de ver um local muito belo como o Centro. É atleta? Seu rosto me é familiar...- o observo por um momento e tiro meu cartão de visitas do bolso, entregando a ele e fazendo sinal que me seguisse.


-Sou Sukjin Dong, mas aqui é comum cumprimentar as pessoas fazendo uma leve reverência, o sobrenome vem depois, no caso o Dong seria Na frente, Pode me chamar de Sukjin ou só Jin, desculpe falar muito, o centro é por aqui, seguindo por esta rua, porém andaremos um pouco. Se precisar de algo na cidade é só me avisar, mas não muito encima da hora. 


Sorri, fechando os olhos como sempre, era involuntário, ofereci uma rosquinha, abrindo o saco e comendo uma. Era um rapaz belo, deve ser modelo, é, deve ter sido de alguma revista, agência ou shoot que eu o vi.

valeu @ carol!


Agentes
avatar
Mensagens :
25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dante Sakamoto em 2nd Março 2016, 4:09 pm



Sorriu com os olhos, divertindo-se com o jeitão descontraído do outro rapaz. Dante suspirou aliviado quando o mesmo constatara que estaria bem mesmo após o esbarrão, ouvindo as informações sobre a localização do centro de esportes que ele passava. Na pressa em conhecer as ruas da capital, os distritos e os pontos turísticos, acabou não cogitando na ideia de pegar um táxi como o outro sugerira. Fez uma breve anotação mental de não sair mais desacompanhado da próxima vez, por mais que fosse um cara que gostasse de se exercitar, fazer longas caminhadas.

— É, na verdade estou aqui para participar das pré-olimpíadas deste ano. Um aquecimento onde escolhem os melhores para competir pelo país. — Explicou ao ser questionado sobre ser um atleta, continuando a sorrir, demonstrando o melhor ar amigável que possuía. Estava bastante animado com a possibilidade de que alguém o conhecesse, mesmo não sendo um profissional esportivo muito famoso. — Faço natação, estilo livre. Espero poder ser selecionado para representar a Coreia desta vez. Não fui muito bem nos exames nas edições passadas. — O francês suspirou, agradecendo pelo pequeno cartãozinho dado por Sukjin - como havia se apresentado.

Dante analisou o pedaço de papel com curiosidade, observando ali alguns dados sobre o coreano, seguindo-a pela calçada. — Você é agente? Em que ramo você trabalha? Música, teatro, esportes... — Assim como o outro, Dante também era bastante tagarela e nunca dispensava a chance de ter uma boa conversa com alguém interessante. — Aliás eu sou Dante, Dante Sakamoto. É um prazer conhecê-lo Jin. — Apresentou-se formalmente, agradecendo dessa vez pela rosquinha oferecida, aceitando uma para acompanhar o café quente. — O seu inglês é muito bom, cara. Fico aliviado por não ter que me preocupar quando arrisco o idioma coreano, não sei se conseguem me entender. Isso que dá largar as aulas de literatura.

O francês deu um jeito de enfiar o cartão de Sukjin em um dos bolsos do casaco, dando uma baita mordida na rosquinha e sorvendo alguns goles da bebida quente. Mesmo que não conhecesse o rapaz, acreditava que ele era legal; uma destas certezas da vida que Dante sempre tinha. Fora isso, gostava do sorriso do outro, um sorriso muito bonito, despreocupado, e agradeceu por ter se esbarrado justo com alguém disposto a ajudá-lo a se orientar pelo coração da cidade.

_________________


by disappointment only

Adultos
avatar
Mensagens :
8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dong Suk Jin em 2nd Março 2016, 7:25 pm




Hello from the other side!!!


Sabe aquela cara mongol que você faz quando apresentado a algo obvio? Então, era disso, apontei para ele fazendo um expressão de surpresa sonora junto com a corporal, eu tinha visto algumas vezes na tevê.


-Eu achava que só coreanos ou naturalizados coreanos pudessem representar a coreia...


Cocei a cabeça, o ouvindo, sorte a minha ele ser falant,e ri e fiz com a cabeça que não, complementando a fala dele: -Sou agente de uma empresa de entretenimento, geralmente lido com atores, rappers, cantores, girlbands, boybands, bands, co-eds... E por ai vai, mas não sei se meu contrato deixa manegear um atleta, conversarei com meu ceo, pode ser bom ter um atleta olímpico como modelo esportivo ou representando a empresa.


Sorri novamente, ainda bem que estudei muito, ao contrário dele, ri novamente do que ele disse, quem vem representar um país sem falar direito a língua? Socorro, esse cara é único!


-Posso tentar te ensinar algo nas horas vagas ou pelo celular, cara, desculpa, mas o que tinha em mente não aprender a língua do país que tenta representar? Fica o conselho de alguém que viveu nos holofotes por muito tempo antes de virar babá de artista: "Conhecimento nunca é pouco".


Apontei alguns lugares turísticos descrevendo e contando a história, então perguntando.


-Você já participou de quantos jogos olímpicos?


fiquei o encarando com um leve bico, que sempre fazia quando ficava curioso, entediado, surpreso, dentre outras expressões, meu biquinho que um dia era famoso, agora se contentava em ser charminho, vai que, né?

valeu @ carol!


Agentes
avatar
Mensagens :
25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dante Sakamoto em 3rd Março 2016, 1:18 am



O francês deu um longo gole no café antes de responder a Sukjin, confirmando o pensamento do maior sobre a naturalidade dos atletas que competiam pelo país sul-coreano. Dante não sabia ao certo, mas algo naquele cara era contagiante. — E são mesmo, a verdade é que a história é uma pouco mais longa; nasci aqui na Coreia, em Busan. Mamãe faleceu ainda quando eu era criança, eu deveria ter uns onze anos na época. Papai não suportou continuar vivendo aqui, acho que trazia muitas recordações. Como ele possuía familiares na França então decidimos nos mudar. — Mesmo não conhecendo o outro muito bem, decidiu se abrir, contando um pouco da própria história, explicando também o motivo de ser um dos candidatos a participar da seleção olímpica do país.

Dante passou a ouvir um pouco mais sobre o menager, alimentando certo interesse pelo o outro à medida que a conversa fluía. Adorou o fato de que aquele ao seu lado seria uma espécie de caça-talentos, uma vez que o rapaz sempre se interessara pelas artes, principalmente a música, embora reconhecesse não possuir talento algum para atuar na área. — Parece ser legal trabalhar com artistas, e deve render uma grana boa. Ouvi dizer que aqui na Coreia existem muitas pessoas que tentam a carreira de musicistas. É verdade? Se for, também deve ser um trabalho cansativo. — Perguntou, curioso por conhecer o outro melhor. Arregalou um pouco os olhos quando o ouviu mencionar a possibilidade de ser um agenciado, alargando o sorriso, animado com a ideia. Cara! Seria o máximo, Jin. Estou mesmo em busca de patrocínio, e caso dê certo ou conheça alguém que possa me financiar, me avise, por favor. Ajudaria pra caramba. — Deu uma palmadinha com a mão livre no ombro do outro, ainda risonho.

A pergunta seguinte fez Dante soltar uma gostosa gargalhada, tendo de concordar com a opinião do maior. Fora desleixado em tomar rumo a um país com uma cultura totalmente diferente e um idioma mais exótico ainda, sem nem ao menos se dar o luxo de aprender o básico sobre aquela pequena parte do continente asiático. Coçou a nuca, mordendo o lábio inferior, pensando na melhor desculpa que poderia inventar para responder o menager. — Acho que foi a pressa em viajar, buscar pelos meus sonhos. Sei que foi mancada minha, mas aprendi o suficiente para não passar fome, o que deve contar pra alguma coisa, ? — Deu de ombros, terminando a bebida e jogando o recipiente descartável em uma lixeira que encontrou por ali perto, voltando-se rapidamente para alcançar os passos de Sukjin que estava sendo uma boa companhia.

— Até agora só participei de uma olimpíada, em Pequim, 2008. Minha pontuação foi boa o suficiente para me colocar entre os dez finalistas, mas não consegui chegar ao pódio, infelizmente. — Sakamoto deixou uma careta engraçada tomar conta do seu rosto, recordando-se do tempo quase perfeito na última prova da competição, e ainda hoje indignava-se pela diferença de dez segundos que o tiraram da posição entre os três primeiros colocados do estilo livre na natação. Balançou a cabeça, dispersando tais pensamentos.— Quem sabe esse ano seja diferente? — Piscou para Sukjin, achando o bico que o outro colocara no rosto muito atraente, pigarreando, desviando o olhar.

— Seria uma boa ter alguém que pudesse me dar uma mãozinha durante esse tempo que passarei aqui, e ficaria imensamente grato com a sua ajuda. Sei que deve andar muito ocupado com essa coisa de agência, então agradeço desde já por se oferecer. — Riu, acenando de leve com o rosto em uma pequena reverência, como o maior havia ensinado minutos atrás.— Podemos sair qualquer dia desses, sei lá, ir a um restaurante, pegar um cinema... — O convite poderia ter soado estranho, porém o francês pouco se importou com as chances de levar um fora de outro cara, aliás não seria a primeira vez. Apenas pretendia conhecer Dong Suk Jin melhor, tentar desenvolver uma amizade com o mais velho, criar laços no país.

_________________


by disappointment only

Adultos
avatar
Mensagens :
8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dong Suk Jin em 5th Março 2016, 9:55 pm




Hello from the other side!!!


Virei o rosto de lado, disfarçando a leve timidez, fazendo com sim, aceitando o convite. Não queria que ele ficasse como um estranho comigo, pois ele tinha talentos e muita beleza, músculos, fôlego... Foco!


Podemos sair sim, mas sempre me avise antes, minha vida gira em torno de outras, ai sabe como é.


Joguei fora o saquinho no lixo, pois não havia mais nada ali e voltei a falar fazendo uma mímica de como nos colidimos com uma feição hilária.


-Você possui bons reflexos, se fosse qualquer outra pessoa eu cairia feito uma ameba ou o contrário.


Ri, divertido e continuei, ouvindo a música parando brevemente na frente duma loja de cds, passava um antigo mv meu, que ironia. Nele haviam legendas em coreano, pois estava cantando em japonês, sorri e apontei tocando no vidro.


-Quem diria que ainda passam meus mvs... Achei que só velhos escutassem, acho que você me deu sorte, nunca tinha visto algo meu depois da minha decadência... Sabe, eu tive a chance de voltar, de estrelar de novo, mas tive de largar, por isto não desista okay? Persista, irei te ajudar, se meu irmão não precisasse de mim, talvez ainda usasse o nome Nemo.


Não respondi a sua pergunta sobre a industria, ficando imerso em pensamentos, passado, um longo suspiro e um sinal de seguirmos adiante, ficando calado, olhado a cidade, poucos, muito poucos me reconheciam, ele era mais reconhecido, anonimato, um peso que perfura o peito de quem um dia esteve no centro e no topo, agora traçava o futuro de jovens com o sonho que um dia tivera.

valeu @ carol!


Agentes
avatar
Mensagens :
25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dante Sakamoto em 30th Agosto 2016, 11:21 pm



Dante teve que fazer um grande esforço para não pular de animação na frente do outro rapaz, extremamente contente por Sukjin ter aceitado sair consigo em um "encontro". Não se lembrava muito bem de quantos amigos tinha deixado em seu país natal, visto que dificilmente se entrosava com outras pessoas sem qualquer motivo. O empresário, entretanto, aparentava ser alguém que Sakamoto gostaria de ter por perto - espontâneo, alegre e até divertido, um tremendo figurão no ponto de vista do atleta que estava começando a se afeiçoar de uma maneira não muito comum. Abanou o rosto, despertando dos próprios devaneios quando percebeu que estava encarando o belo rosto de Dong por um tempo longo o suficiente para se tornar constrangedor.

— Sim, sim, pelo menos os treinos tem servido para alguma coisa, certo? Ou penso rápido ou acabo sendo deixado para trás na piscina durante as competições. — riu bobo, acabando meio desconcertado com o elogio do coreano. O francês apesar do charme característico e o bom humor, sempre acabava sem graça mediante ocasiões onde era elogiado e, sendo um atleta olímpico em ascensão, situações como estas ocorriam habitualmente. — É você? — questionou, surpreso, apontando sugestivamente para a vitrine onde o telão apresentava o videoclipe. — Uau, você é bom e canta muito. — Dante encantou-se com a performance de Sukjin no vídeo, fissurado nos efeitos do mv - e na musica que lhe parecia um tanto familiar.

— Nemo é um nome artístico muito engraçado, se me permite dizer. Você quem escolheu? — perguntou com curiosidade, encarando o televisor por mais alguns minutos antes de voltar-se para o empresário. — É por conta daquele filme de animação? Minha mãe tinha sérios problemas com esses desenhos da Disney, ela nunca me deixava nem mesmo encostar perto de qualquer coisa que tivesse essa marca. — deu de ombros, não achando estranho que um rapagão da sua idade ainda se queixasse por não ter tido uma infância tão proveitosa. Aliás, desde que se lembrava por gente, Dante estava sempre concorrendo em campeonatos aquáticos e outros eventos esportivos, tudo para saciar a obsessão da mãe que outrora também fora uma grande nadadora da delegação coreana.

— Não precisa se preocupar, não irei desistir. Dei muito duro para jogar tudo para o alto, se bem que agora tenho um motivo especial para continuar insistindo em conquistar o pódio. —mordiscou o lábio inferior, deixando bastante implícito a quem ele se referia. Começou a cantar um trechinho da música que havia decorado do clipe somente para realçar a certeza. — Você ainda compõe? — pigarreou, mudando drasticamente de assunto, permanecendo com as mãos enfiadas nos bolsos e os olhos claros sondando cada detalhe das expressões fofas do seu acompanhante.

_________________


by disappointment only

Adultos
avatar
Mensagens :
8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dong Suk Jin em 31st Agosto 2016, 11:23 pm




Hello from the other side!!!


Coro e o fito, enquanto apenas respondia com sons de sim, era eu ali, dou um riso e uma palha da música junto com uma dancinha. Parando cobrindo o rosto com as duas mãos, corando ainda mais, mas era bom mostrar aquilo para alguém, era com ter meu valor reconhecido, me fazia o coração disparar.


Faço que iam com a cabeça pra sua pergunta sobre meu nome artístico, desato a rir antes de poder responder ele vem com o incentivo pra dar ainda mais de si, cubro minha boca, fazendo uma leve reverência como agradecimento e o pego pelo pulso, o levando para dentro da loja, acho o cd, compro e peço uma caneta dando um altógtafo enquanto fitava o cd com as duas mãos que o seguravam agora.


-Nemo foi um grande navegador de histórias, meu Nemo vem deste grande visionário que cortava oceanos com seu submarino em forma de espada. Queria cruzar o mundo e conquistar o mundo da música. Mas cuidar do meu irmão foi mais urgente que ressurgir das cinzas. Tome, espero que goste, este tem versões em coreano e em japonês. Espero que goste. Um presente para simbolizar o começo.


O fito nas últimas palavras sorrindo meio bobo, meu celular vibra, o checo e digo sorrindo.


-Está ocupado agora? Se quiser podemos sair hoje, acabo de ver que a agenda foi cancelada e tenho dia livre.


Algo nele me fazia querer saber mais, algo me atraía muito, talvez por ele investir sutilmente, até que romântico. Sentia falta disto, visto que só me atraía por pessoas que não me davam futuro. Mas será que agora achei minha outra ponta? Além do mais, ao menos eu não me importaria de quebrar a compostura de agente e me envolver com alguém que agencio, mas posso dar um modo de outra pessoa o agenciar. Pois, vai que isto passa além de apenas uma troca de interesses, olhares e flertes?

valeu @ carol!


Agentes
avatar
Mensagens :
25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dante Sakamoto em 7th Setembro 2016, 1:32 am



Sakamoto permitiu que um sorriso largo preenchesse seu rosto, encantado pelo jeito fofo de Sukjin. Não deixou de perceber como o outro acabara desajustado com os elogios que fizera em relação à performance dele no videoclipe da vitrine, além do rosto levemente enrubescido. Realmente o cara a sua frente era uma peça rara que o estava entretendo de uma maneira sem igual. E imaginar que o conhecera por acaso, após um esbarrão acidental naquela esquina da cidade.

Foi pego de surpresa quando sentiu dedos fortes envolverem seu punho, vendo-se arrastado até o interior da loja de discos pelo coreano. Com os olhos curiosos, observou o empresário retirar um álbum da prateleira e levar até o caixa, comprando-o e o presenteando ao francês no mesmo instante. Suspirou, exaltado, não sabendo ao certo se seria educado ou não aceitar o CD. A capa do álbum autografada numa caligrafia elegante indicava que aquele tendia a ser um presente especial.

— Nossa, obrigado! Não sei como agradecer. — realizou uma reverência desajeitada, rindo com os olhos para Sukjin. — Prometo que irei ouvi-lo inteiro assim que eu chegar em casa. Tenho certeza que vou gostar. — pelo seu tom de voz, o menager poderia perceber que Dante estava sendo sincero.

Guardou cuidadosamente o CD no interior da jaqueta, prestando atenção na explicação de Sukjin sobre o motivo de ter escolhido Nemo como nome artístico. Concordou com um aceno, admirando-se com o significado por trás da identidade do cantor. — Uuuh! Entendi. Faz realmente sentido, porém é uma pena que não tenha conseguido continuar sua jornada. Mas nunca é tarde para recomeçar, certo? É o que minha mama sempre diz. — incentivou, destilando um sotaque francês carregado. Apesar de não se conhecerem tão bem, acreditava no potencial do seu novo "amigo" e desejava que ele continuasse a seguir os próprios sonhos, e que os realizasse.

Abraçou o próprio corpo, aguardando enquanto o rapaz atendia o celular, dando-lhe certa privacidade. Franziu o cenho quando vislumbrou um pequenino sorriso dançar nos lábios do sul-coreano e este voltar-se a si, relatando que teria o restante do dia livre. Alegrou-se com a notícia, concordando ao convite recém-feito de saírem juntos com um gesto de cabeça, eufórico.

— Claro, claro. Não é tão tarde, mas adoraria ir a um lugar onde pudéssemos comer, estou faminto e, por incrível que pareça, ainda não provei muito da comida tradicional coreana. — segredou, brincalhão, checando o horário no relógio de pulso. — Aliás, eu pago! É o mínimo que posso fazer para agradecer pelo presente. — apontou o CD ganho guardado no bolso interno da jaqueta, desfalecendo o olho esquerdo em uma piscadela para Dong Suk Jin. Aparentemente, teria os planos para com o outro adiantados, o que tornaria o dia ainda melhor.

— Então, você tem algum restaurante predileto onde gostaria de ir?

_________________


by disappointment only

Adultos
avatar
Mensagens :
8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Dong Suk Jin em 9th Novembro 2016, 6:18 pm




Hello from the other side!!!


Eu deveria jogar na loteria, pois esta minha sorte de hoje estava superior de um ganhador deste tipo de jogo. Pelo tom que ele usava, sabia de o senhor Sakamoto estava sendo sincero, aquilo apenas me deixava mais feliz e com desejo de prolongar ainda mais o momento, tanto que nem pensei duas vezes antes de responder ao que ele perguntara, sorte que consegui prestar a atenção no que ele dizia, mesmo na cabeça estar comemorando como se a Coreia tivesse ganho a copa do mundo.


-Bem, eu não tenho um restaurante predileto, então que tal comer algo que ainda não comeu?


Sorri o olhando e pondo as mãos nos bolsos, olhando para o céu, voltando a falar quando meus olhos voltaram a fitar aquelas belas íris claras que estavam iluminando mais que o sol naquele inverno. Não só iluminando, mas vamos deixar esse fogo de pessoa azarada e encalhada quieto, ao menos por enquanto, não quero perder o foco, precisava manter a concentração.


-Que tal voltarmos a andar? Ficarmos parados e expostos ao frio não fará bem a nenhum de nós dois. Principalmente a um atleta, não é mesmo?


Doce ambiguidade, nos deixando expor o que mais queremos sem nos expor de fato, além de deixar o receptor da mensagem com dúvidas das reais intensões, depois de tantas desilusões amorosas, eu merecia que o universo me desse uma chance de ser feliz, mesmo que por um dia, um encontro, não, um tá pouco, mas felicidade de pobre dura pouco, então vou aproveitar enquanto posso.


Olho mais a frente e indico com uma mão um restaurante, não era muito grande, mas aparentava tradicional, então creio que ele possa apreciar com certa privacidade e qualidade.


-Que tal ali? Mesmo morando aqui, me sinto um turista, muitas coisas mudaram de quando eu podia de fato curtir.


O modo que falava parecia um velho, porém era verdade, pois ele como um atleta era semelhante ao um idol neste ponto, ter de se privar de diversas coisas para manter o corpo... E que corpo, se todo coberto já é atraente, imagine sem nada? Sukjin! Comporte-se e continue a encara-lo com um sorriso e um eye smile, pois assim dá pra disfarçar a safadeza que está pensando.

valeu @ carol!


Agentes
avatar
Mensagens :
25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❄ — STORM GLASS

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum