Lightsaber

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lightsaber

Mensagem por Han Kyung-Soon em 17th Fevereiro 2016, 8:23 pm

Relembrando a primeira mensagem :


_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Lightsaber

Mensagem por Oliver Hwang em 23rd Fevereiro 2016, 5:47 pm

I CAN BE YOUR FANTASY


— Seria legal se nos sentássemos ali. Posso esperar você se secar aí depois tomamos um... - Quando estava prestes a encerrar sua frase de última hora, Kwon virou o rosto para com os gestos dela sentindo cócegas e ao mesmo tempo uma vontade de dormir lhe dominar. Era perturbador e bom ao mesmo tempo. Ruim por querer estar em alerta para seus pais e bom porque bem, quem não gostaria fora ele de um toque nos cabelos? ficou um tanto mimoso soltando um "ammnw" sonoro até ela tocar-lhe sua nuca. Seus olhos se arregalaram e uma tremedeira convergiu dos braços até as mãos. Tentou irromper o passo para trás, para que se separassem ouvindo ela dizer bem baixo sobre deveres. Ai não. Isso caiu tão rápido perante a seu peito que mal podê suportar. Um toque bem leve, suave como o vinho numa noite chuvosa o tocou. Parecia ver lentamente o rosto dela se aproximar, seu corpo dizia não e sua cabeça? Parecia ter se embaralhado. Não existia mais árvore, mais pais, tempo, tudo! Ficou parado piscando duas vezes com os lábios unidos aos dela erguendo a mão lentamente ainda tremendo, com receio de tocá-la.  Seus dedos compreenderam-se em apenas se prenderem ao palmo da mão e abrirem até um, dois e três dedos tocar sua cintura de cada lado. A franja bateu no canto da testa dela. Estava nervoso. 

Um frio parece o fazer se acolher como consequência de apertar a cintura dela consigo. Abaixo de seus olhos, a pele queimava a vermelhidão e as poucas sardas bem claras e difíceis de se perceber o fazem distanciar a face piscando com lentidão a fitando. Soltou um suspiro vagaroso e bem mínimo. Seu corpo muito quente fez eliminá-lo como um vapor morno. Parecia marejar sob efeito do entorpecente carinho deixando por um segundo, o nariz se enriçar na lateral do rosto dela dando um beijo :

— Me desculpe. - Não assomava bem das ideias no momento. Seus sezões latejavam, poderia não ter feito a ação acontecer todavia, pedia perdão por ter cedido. Aquele sabor pareceu tão bom. O medo e repreensão em si foram o sentimento mais gracejador. A qualquer questão, mesmo dizendo tal expressão não desmanteve a posição com ela. Sua íris não parava de reparar a profundidade da dela. Marcou com a mão subindo pelo braço dela, colocando sob o seu ombro. Tentou voltar-se atônito para o caminho porém, seus finos beiços se comprimiram contra a lateral da testa dela :

— Mesmo podendo ser embaraçoso dizer isso para você, foi uma das melhores coisas que senti hoje. - Mordeu o lábio tentando fazer o modelo da mesma pressão com uma reverência. (Feita com a cabeça) 



ROBB STARK
Adultos
avatar
Mensagens :
48

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Han Kyung-Soon em 23rd Fevereiro 2016, 6:14 pm



O rosto dele quente contra o meu, podia sentir que aquele beijo o fazia mau, mas não conseguia parar, ele foi quem interrompeu o beijo, eriçando seu nariz, sua respiração quente me fez querer mais, pelos céus por que diabos ele aceitou o beijo?

Que? Desculpas? Meu filho eu que te assediei, eu que devo pedir desculpas! Tentei falar algo, mas minha garganta travou, sua mão subiu até meu braço, deixando minha cintura, nada bom, nada bom, porém ele não se distanciou, ficou observando meus olhos, podia ver a confusão nos dele, eu te entendo Kwon, mas não consigo me controlar, como queria ter 1/10 do seu controle.

Então ele passa seu braço nos meus ombros, o que achei meio estranho, a ação esperada por mim era ser jogada no chão e ele correr até morrer, mas ele me disse algo que apenas incentivou o monstro dentro de mim, monstro não, o meu eu animal.

Aquela mordidinha, aquela frase, minha mão segurou com força seus cabelos, a outra mão puxou com força sua camisa o fazendo volta a ficar próximo, meus lábios percorreram com velocidade seu rosto indo ao seu pescoço, dando ali um forte chupão, combinado com uma mordida, a mão que o puxava pegava mais e mais tecido, queria mais contato, sei que assim fica mais fácil dele escapar, mas se ele não escapar logo, temo pelo o que pode acontecer com nossa amizade.

don't hate me


_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Oliver Hwang em 24th Fevereiro 2016, 2:42 pm

I CAN BE YOUR FANTASY

Por que? - Tudo que poderia vir a sua mente no instante momento era isso. Parecia como nas coletâneas de terror, a vítima sempre se perguntaria os motivos de um inferno estar lhe acontecendo, mas não há explicação. Na verdade não tinha que ter. Invertendo a situação para algo mais quente, Kwon ficava cada vez mais mergulhado em suas dúvidas, muitas incógnitas nascem deixando as interrogações cada vez mais breves. O puxão o fez se perder parecendo distanciar-se de uma ilha perdido no mar. Ai Meu Deus o que era aquilo? Já estava na frente de todo mundo naquela maneira? Ele gostava. Era uma sensação tão confusa, todavia tão formidável que parecia estar vivendo um pequeno trecho de quatro linhas de um livro. 

Pendeu com a cabeça um pouco para o lado quando Kyung o dava mais uma investida. parecia que de repente suas mãos subiram pelas costas dela segurando os cabelos, a livre faria questão de chegar por debaixo do tecido que encobria a barriga, dando um aperto em sua lateral. Os lábios pressionaram-se contra os dela, talvez fosse a hora dele se equilibrar. Segurou-a pelos braços como se exprimisse alguma desaprovação aos atos acontecidos. Um equívoco bem evidente se encarar seus olhos. Pareceu começar puxá-la para frente a jogando contra um tronco de árvore nas laterais do bosque. O verde os assistiam. Em alguns raios de quilômetros pelos lados, via-se pequenos focos de margaridas. As borboletas empoavam asas douradas visitando em copos, a visão mais linda dos polens. 

A cabeça baixa do guitarrista era para que ambos rebuscassem tudo o que aconteceu. Algo que por sua opinião era errado de permitir que vazasse em público :

— Acho que... - Sua língua passou pela parte debaixo do lábio olhando de um forma estupidamente perdida para a rapper, deixando com que algumas ideias atinassem na cabeça da mesma :

— Deixar isso em público... Poderia nos comprometer. - Tentava deixar essa observação distante ao ter por seu medo, que mais de uma pessoa visse. Seu corpo foi para o lado, encostando-se na árvore fitando alguns arbustos. Respirava não tão alto porém também não tão baixo. Kyung poderia ouvir seu coração acelerado bater. O dedo percorreu pela lateral da madeira parando no meio de seu trajeto percebendo a mão dela intocável :

— Acho que você estava certa ao dizer aquilo anos atrás. - Gyeong sentia na pele que ela odiaria ouvir aquelas palavras após o que passaram contudo, era o que ele acabou percebendo no meio do breu em sua cabeça .— Eu... Só enrolaria. Faria com que isso, demorasse para acontecer. - Disfarçou o olhar ao fixar com uma feição desconfiada, a cintura que abara de tocar.— Queria que tivesse desenrolado de outra forma Kyu. Eu realmente senti uma descarga no braço naquela hora e... ARG. - Ainda antes de chegar ao embraço ele mantivera um sorriso bem delineado. No momento do "hora" erguia a mão perto da face vermelho como se odiasse por ter travado justo na finalização da sua conclusão. Por sorte, a que estava do seu lado não carregava o mesmo gene travado. 

ROBB STARK
Adultos
avatar
Mensagens :
48

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Han Kyung-Soon em 24th Fevereiro 2016, 6:19 pm



Eu não entendia, agora ele me beijava, ele me beijou, sozinho, pura e espontânea vontade, apenas correspondi, podia sentir seus movimentos e agora, ele me segurava pelos braços, agora tudo estava confuso de vez, desde quando ele toma iniciativas? Isso é novo, não esperava por isto, não esperava que ele aceitasse tanto, será que ele realmente gosta de mim? O que fazer? Nem eu sei, apenas sentir.

Ele me jogava contra a árvore, parecia tentar tomar controle de mim, o que era bom, mas minhas mãos trabalhavam em adentrar por dentro de sua blusa e sentir sua pele. Ele tenta iniciar uma frase, meu olhar foge do seus olhos indo para seus lábios, vendo a lambida dele, me fazendo soltar uma arfada de desejo, eu queria novamente aqueles lábios, eram macios, ouso dizer que um dos melhores até hoje.

Ele temia que alguém nos visse, que meigo, mas isto que deixa ainda mais tentador, quase dei o bote, ele estava agora ao meu lado, olhei para onde ele olhara antes, haviam uns arbustos, mas que safadinho, não pensei que ele fosse tão pra frente assim, será que Kwon não é intocado? Será que ele fez estas coisas com outra pessoa? Mordi o lábio inferior com certa impaciência, ouvi seus batimentos cardíacos, fazendo os meus acelerarem, ficando no mesmo ritmo, ele aparentava frágil, mas estava ficando levemente másculo, aos poucos, era bom.

Então viro o rosto para ele, o fitando, com uma mão hesitando se tocava ou não em seu rosto, devido a facada que ele apunhalou em meu peito, realmente, eu havia jurado aos quatro ventos que nunca o amaria, diate dele e de muita gente, mas lá estava eu, ouvindo, inerte, querendo tomar seu corpo, mas ainda me recuperando de suas primeiras palavras, até as outras virem.

Tirei suas mãos do rosto, beijando suas bochechas, um de cada vez, pondo uma mão no peito dele e outra no meu, onde ficava o coração, falando, eu sabia e não sabia, mas tinha de falar algo, ele não conseguia, acredito que nunca falou tanto assim, principalmente dada as circunstâncias.

-O que você sentiu foi ruim? Acredito que não, pois se não você já teria me parado. Ao contrário de você, eu não consigo me controlar, você está sentindo. Eu não quero te machucar, mas sinto que não vou conseguir...

O puxo o levando até os arbustos, ali perto, o jogando no chão, montando em cima dele, o beijando mais frivolamente, acariciando seu rosto com minhas mãos, ali estávamos camuflados, mas se alguém passasse e algum barulho fosse ouvido, estaríamos numa enrascada, ai que delicia.

don't hate me


_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Oliver Hwang em 25th Fevereiro 2016, 5:12 pm

I CAN BE YOUR FANTASY


As carícias em suas bochechas o fizeram morder o lábio em repreensão fechando os olhos erguendo seu rosto para cima. Sua mão se formou num soco fincando contra o tronco da árvore até a íris obscura, aparecer a encarando. Respirou e inspirou tentando tomar certeza de suas palavras na doce cautela para que não machucasse ou fizesse algo que não saberia lidar depois :

— Eu não sei. Reagi conforme o momento. - Queria ser tão decisivo como os últimos cinco minutos de uma partida de futebol, mas não conseguia. — Minhas mãos tremiam. Pensei que não faria isso… Ai Kyung o que está fazendo comigo? - Entonou manhoso até sentir um puxão o alavancando com o corpo para frente. Uma de suas mãos estavam tomadas por um palmo frio e seus olhos volvidos ao chão, fixavam em seus pés percorrendo a distância rápida com muita pressa e o tecido do casaquinho dela, esvoaçar conforme o vento criado um efeito de ondulações. Naquela imagem inerte, o rapaz sentiu seu corpo se chocar contra o chão. Agora só poderia ver o céu até um sombra encobrir sua face, vendo o molde de um rosto feminino. Era ela. Sentiu um leve aperto na face ficando de olhos arregalados. O formigamento o dominou novamente. Os lábios dela iam de choque com os dele o fazendo ficar um pouco mais rígido contra a terra. Sua mão direita livremente consumida pelo ar, apalpava a sua cocha. Um ar de pena de si mesmo recaiu na cabeça o fazendo afagar a região com a mão quente. Tomou por si só para mais próximo dando um aperto, descendo com as unhas um arranhão. Arrancaria sua blusa depois para pedir desculpas e também para que amarrasse na cintura para não dar vista. 

Faltando também elevou com força para sua nuca puxando e distribuindo pequenas mordidas ao entorno de seu pescoço. Sublimemente a mão que segurava aquela região, descia para perto da blusa dela que de forma invasiva, os dedos tocavam e aprofundavam até subir o tórax com ela próximo ao peito segurando-a como se procurasse manter suas posições, ambas sentadas. Ofegante quando procurou se desaproximar, recuando para trás até perceber um galho enroscar em seus cabelos. Kwon a olhou passando a mão sob a testa retirando o pesado ar que o consumia até rir um tanto envergonhado :

— Num arbusto? Pelos céus… - Suas pernas que estavam com boa parte da rigidez em se manterem firmes, ficaram anestesiadas assim caindo um lado contrário do outro. Puxou o máximo do ar o armazenando em seus pulmões testando a corda bamba que havia acabado de formar :

— Vou acabar fazendo algo que possamos nos arrepender. - Enfiou o rosto pelas aberturas das folhagens visionando a passarela.


ROBB STARK
Adultos
avatar
Mensagens :
48

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Han Kyung-Soon em 25th Fevereiro 2016, 5:48 pm



Eu não sabia de fato o que ocorria ali, mas estava adorando as iniciativas dele, quem diria que Kwon podia ser selvagem? Tá que era quase nada, mas podia sentir que ele queria, agora não tinha mais volta, meu corpo apenas esquentava mais e mais, o desejando. O ato de se aproximarem mais, pelo modo que reagia, minha suposição que Kwon nunca se deitou com ninguém, o que me deixou ainda mais com vontade.

Opa, que arranhão maroto é este? Minhas mãos subiam por dentro de sua blusa, depois desciam, segurava com toda minha força os gemidos devido aos toques dele, Kwon explorando meu corpo, quem diria... Queria explorar mais, muito mais, senti-lo mais, porém, ele me afastou, me fazendo olhar intrigada, ouvindo sua fala, revirei o olho, quando ia agir, ele se posicionava entre as folhas.

O abracei pelas costas, com uma mão descendo até sua parte íntima a apalpando e minha boca mordendo de leve sua orelha, enquanto dizia, num sussurro.

-Não vamos nos arrepender, disto eu te garanto.

A mão que não estava o provocando lá em baixo, estava em sua gola, segurando com força, pronta para rasgar o tecido, entre beijinhos fui o puxando de volta, desta vez para ele ficar sobre mim, envolvendo minhas pernas em sua cintura, girando meu corpo ficando no colo dele, nos puxando para baixo, o forçando a se roçar em mim, agora só havia uma irracional Kyung ainda nada satisfeita, tinha que ser logo com ele.

don't hate me


_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Oliver Hwang em 26th Fevereiro 2016, 2:42 pm

I CAN BE YOUR FANTASY


Suas mãos aparando a folhagem, seguravam um pequeno desespero. Sentiu um toque nas costas fazendo as pálpebras se cerrarem com força posteriormente uma sensação fria o tomava. A orelha parecia ser levemente mordida o fazendo pender com a cabeça para trás e as mãos se apertarem nas flores, as quebrando. O terror ou apenas o estímulo se viera a um movimento a suas regiões do sul físico. Ela queria provocá-lo? A força parecia se assomar mais ainda pelas pétalas que desajeitadamente caiam-lhe  pela mão. Fechou os olhos começando a enfraquecer. O corpo ficava dormente, mas aquilo seria certo? Realmente, ela só não tinha algum comprometimento pelo tipo de pessoa que ele era? Não era o tipo de coisa que faria para ganhar algo para si mesma? Um “título”? Um motivo pelo qual se gabar? - Essas questões pulavam uma a uma na mente do modelo. Sua visão enfraquecia um pouco, tudo ficava mais delicado, insanamente intimo, cálido também para ser exato sobre o personagem. Tomado por este choque como o Ying e Yang, nosso menino Kwon parecia não aceitar este tipo de disputa. Sua cabeça em equilíbrio, fugir, negar, explicar-se contra o corpo que desejava : Rasgar, marcar, respirar, inspirar, abafar-se e outros mais verbos ligados aos prazeres humanos. 

O seu rosto cabisbaixo, deixou a franja cair pela face. Seu coração batia a compassos de dançarinos e sua mão ao descer se soltando das plantas, tocaram a terra plana. Virou a face instigante contra ela num olhar cortante e tão malevolente equiparando-se aos vilões de algum drama. Parecia entreter-se com a visão dela. Seu membro pulsava o fazendo ficar rubro. Aquilo não era tão legal. Talvez por nunca - ou não com muita frequência - ter se entregado a este tipo de oportunidade ou estar acostumado a escutar coisas ruins a seu respeito, perdesse um pouco de sua vaidade e mostra-se incapaz de fazer certas coisas. Os finos beiços se colaram a olhando como se procurasse fazê-la sentir dó do ser a sua frente. Todavia de repente, sentiu uma impulsão forte. 

Sua blusa correria riscos de se totalmente descosturada. Sua mão tremia ao tentar tampar o membro dentro da calça. Medo… Medo… tudo que poderia descrevê-lo. 

A fala dela ainda o deixava imparcial. Queria? Talvez.  Porém, depois sabia que ia arcar com um peso na consciência. Ainda que fosse na tentativa de permanecer-se calmo e diminuir o intenso calor que sentia, os beijos dela só o deixava ainda mais nervoso e preso. Não queria machucá-la para escapar ou se ainda também se entregasse, não queria dar na vista de uma má impressão. 

Esta envolve suas pernas na sua cintura. O peso dela era equiparável contra ele que desprevinidamente, arrancou a frente quase caindo. Intencional, assim interpretou quando encarava-a nos olhos, sentiu seu membro ficar ereto, levemente “bravo” com a tamanha relutância do cérebro suspirando profundamente como se tivesse corrido uma maratona. Os dedos pareciam compadecer aos delírios da sagacidade da moça, iam enrolando em sua manta, quase a subindo. O óculos? Já parecia estar perdido. 

O indicador e o médio entre das duas mãos, desceram pela lateral da barriga junto com o rosto que aspirava o perfume da pele ou da fase em que a mesma passava dando alguns beijos. Sua cabeça doía. Os demais dedos fora de jogo tremiam sobre a impressão de sentir o jeans do short desta. Agir neste lugar de forma bruta, vai parecer que sou um animal. - Raciocinou.

Logo as mãos se enchiam nas curvas laterais dela, o rostro parecia ser um pimentão e tão aquecido quanto uma panela ao fogo. Tinha as pálpebras cerradas, olhá-la seria só a assinatura que sua vergonha e embraço seria suscetível. Justo com a menina violenta que o defendia? Ela deveria já estar em outro nível. Longe dele. 

Mas mesmo assim não querendo ser caçoado depois...

O palmo direito subia, deixava as peças serem afastadas que por um descuido, encostou nos seios fartos já na medida com o rosto bem ao lado do dela, acariciando as madeixas e marcando seu pescoço. Ao sentir o relevo, seus glóbulos apareceram aturdidos como consequência abrindo os lábios deixando escapar um timbre em volume menos audível que um sussurro :

— D-D-Desculpe… - Tremulava também em sua única palavra. Kwon, uma pobre peônia que ainda não sabia se cresceu, timidamente deixou a mão livre encostar-se contra os lábios dela fazendo um contorno devagar e longo. Tinha um olhar entristecido fazia um sinal de “mas aqui mesmo?” duvidando-se de que devesse prosseguir. Já percebia que Kyung poderia revirar os olhos, não queria causar mais um motivo de tédio ou de cara um motivo para que depois ficassem de cara amarrada. O indicador esquerdo desceu para o baixo ventre depois sentindo o botão da peça o fincando com uma força bem limitada, como se puxasse um pouco para baixo. Um beijo em seus lábios, transpassou-se para um dos ouvidos, fazendo com que de suas pernas se abrissem deixando as dela livremente por um vão. O apalpo que estava por baixo, foi acariciando as pernas um pouco morenas num leve carinho que também tratava seu instrumento :

— Eu… Tenho chance de pelo menos dizer que isso está ficando bem esquisito? - Parecia engolir uma tamanha pedra, com o movimento que sua garganta fez. Com a climatização e uma súbita ansiedade na tentativa de recuar para baixo para se desembolar,  poderia começar a soar. 

ROBB STARK
Adultos
avatar
Mensagens :
48

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Han Kyung-Soon em 26th Fevereiro 2016, 7:52 pm



Ele não parecia bem, parecia que desmaiaria se fizesse o ato em si, bufei rolando os olhos, o deitei dizendo, depois de todas as ações e provocações dele, devo admitir que estava surpresa com ele tomando iniciativas, principalmente ficando daquele modo comigo.

-Como pensei, devo ser sua primeira, então iremos fazer por partes, não te darei a chave do paraíso tão fácil, então vamos parar por aqui, realmente me surpreendeu, não achei que fosse chegar tão longe, estarei esperando ansiosa para passar pela janela e ir para seu quarto durante a noite.

Sorri maliciosa me mexendo meus quadris sobre o membro dele, fechando os olhos e respirando fundo, me levantando e me ajeitando, olhando para os lados, ninguém, me sentei ao lado dele, colocando os óculos nele, pondo meus tênis, falando enquanto abotoava a blusa.

-Procure um médico e faça lentes, isto ajudará e muito. Quero que veja bem o que ainda vou te mostrar.

Ri, arrumando o cabelo de forma a esconder a marca, fiquei sentada ali o observando, principalmente a região Y.

Uma pena, deveria compensa-lo, mas se o fizer capaz de não sobrar muita coisa para mais tarde, pode cuidar do gran Kwon?

Ri, me levantando e saindo do arbusto sem pressa, ficando na árvore o esperando.

-Me avise quando acabar, se voltarmos separados vão desconfiar de algo.

don't hate me


_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Oliver Hwang em 27th Fevereiro 2016, 4:04 pm

I CAN BE YOUR FANTASY

A caridosa imagem que Kyung passava parecia ter sido destruída com a palavra “a primeira”. Ele respirou fechando os olhos assim caindo contra o chão parecendo estar mais aliviado. Já não bastava ter aquela ideia na sua cabeça que o fazia se auto induzir em vontades e vergonhas?

Sua cabeça latejou por uma última vez virando-se de barriga para cima a vendo. Antes, a rebolada sobre seu membro o fez apertar os dentes contra o lábio inferior de sua boca a fitando. Os óculos a volta de sua face o fez fazer um sinal positivo com a cabeça como uma criança sempre fazia após alguma ordem expressa por um mais velho. Aguardou-a se erguer até ouvir de se cuidar e a dica de uma lente o que posteriormente se fez, sua mão ir contra a testa de forma que deixasse “pode deixar”. Fitou o céu respirando fundo erguendo o tronco, batendo as mãos nas costas para retirar o excesso da suposta terra que poderia ter manchado e passando a mão no cabelo, ajeitando a mesma face semelhante a de um cachorro de rua, ficando de pé. Fingiu um bocejo de sono olhando para os lados envergonhado com um leve tom róseo nas bochechas até descer os braços arrumando a gola da blusa puxando-a para baixo querendo tampar o zíper da calça a olhando um tanto pasmo. Ficou ao lado dela por uns instantes sem observar seu rosto apenas observando os pés de ambos :

— P-Podemos ir? - Disse ao andar para frente olhando para trás, coçando atrás da orelha. virou o compor a chamando para irem pensando no que responder caso perguntassem onde ambos estiveram :

— Falaremos que estávamos caminhando certo? Acho que assim mostra que pareço ter caído… - Sorria enfiando as duas mãos nos bolsos da calça olhando para frente. Atravessavam novamente o caminho. Suas palpitações se acalmavam até tomar a tonalidade branca da pele. Parecia já enxergar o contorno dos rostos de seus pais. 
ROBB STARK
Adultos
avatar
Mensagens :
48

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Han Kyung-Soon em 29th Fevereiro 2016, 12:04 pm



Ri com as falas dele e disse para ele.

-O que mais vai chamar atenção é eu estar molhada, falaremos que estávamos caminhando, sim, porém você desequilibrou perto do lago e para você não cair eu te joguei prum lado e eu fui pro outro.

Sempre sobra para mim a culpa, estou acostumada, mas o prêmio de mais tarde seria divino, ao ver as cabeças aparecerem em nossa visão e dei uma piscadela para ele falando baixo.

-Deixa que eu falo, trate de esconder bem suas marcas viu?

Ri, correndo até eles, abraçando o pai de Kwon pelas costas, rindo com as reações de todos, contando a parcial verdade da queda e acobertando kwon, pois nós dois quase fizemos algo muito bom, mas a lembrança dele deve ser boa e confortável, não no meio do mato logo de vez, ele não tem experiência alguma ainda, precisa aprender. Logo me sentava e ouvia as brocas, comendo, dando língua e agindo como se por dentro não quisesse atacar Kwon logo ali.

don't hate me


_________________


Red
Sexy ♠ Dangerous ♠ Taken?
Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics

Moon-J Entertainment
avatar
Mensagens :
107

Idade :
23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Oliver Hwang em 1st Março 2016, 1:46 pm

I CAN BE YOUR FANTASY


Aquela ação em se culpar, fez Kwon sentir um peso redobrado. Ela sabia que ele gostava de agradecer por tudo que o fizesse desde que seja uma coisa pequena a coisas enormes que salvaria a sua pele. Ela parecia não se importar ao receber críticas ou broncas, era um pássaro livre. Nenhuma corrente intrusa de ar a atrapalharia no que quer. Bem contrário dele que sempre se lamenta a supostas figuras rígidas. Suportar uma amargura o fere de tal grau, que é dispensável nesse instante para fazer mistério, as suas reações. 

Sobre as marcas, seus olhos se arregalaram ao entorno do arco do óculos e a mão subitamente subiu no pescoço a emperrando de forma bastante lenta em sua nuca a olhando com um sorriso acanhado até caminhar para frente ao lado da mesma observando-a ainda um tanto úmida. Ao se aproximar de seus pais, ficou nervoso como se tivesse engolido alguma pedra admitindo que mesmo com o “acidente” na saída, o passeio breve foi bastante gostoso. Afastou-se após um certo tempinho, ficando deitado na grama, fitando alguns cogumelos presos num tronco de árvore já bem velha. Seus glóbulos se viravam para ela um tanto apreensivos e atenciosos. Entardecia já, e ele poderia sentir que a próxima vez não teria tempo para isso.
ENCERRADO ☽ 

ROBB STARK
Adultos
avatar
Mensagens :
48

Idade :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lightsaber

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum